Só Tenho Os Dez Por Cento do Dízimo e Acabou o Meu Gás, O Que Devo Fazer?

Só Tenho Os Dez Por Cento do Dízimo e Acabou o Meu Gás, O Que Devo Fazer? O Que Você Faria? 

À um tempo atraz uma mensagem circulou na internet onde um homem é mostrado encostado na parede, com a mão no rosto, e demonstrado preocupação pelo fato de seu gás ter acabo.
A preocupação é se ele paga o dízimo e pega o gás fiado, ou se compra o gás.

A Ditadura do Dízimo

Então muitos pastores disseram que ele deveria dar o dízimo ao invés de pagar o gás. Outros porém estavam dizendo que se ele estava passando por tal situação é por que realmente não era fiel. Então veja que se tratasse de um dizimista fiel mas estivesse passando pela mesma coisa, o argumento seria que ele não estava dando de coraçao, pois já ouvi isso. Acrescente-se ainda que muitos argumentos antibíblicos são usados para defender o dízimo a todo custo.

Em primeiro lugar devemos ir para as escrituras, sem preferências pessoais.

Muitos defendem com unhas e dentes o dízimo e alguns o fazem até na sinceridade.  Então perceba que muitos apenas defendem o dízimo, mas não pararam realmente para etudar todo o contexto acerca do mesmo.
E se uma pessoa não estuda ela apenas repete o que os outros dizem e ficam nisso a vida toda.

Jesus Institiu o Dízimo Para a Igreja?

Faça a si mesmo essa pergunta e estude, e você verá a resposta, e não irá encontrar uma linha sequer em que Jesus institiu o dízimo para a Igreja. Os apóstolos ratificavam o que Jesus dizia, e você também não irá ver os mesmos falando sobre isso.

Publicidade

Para você entender melhor sobre o dízimo assista este vídeo → Dizimo de Hoje | Falácia? Quem Reconhecerá?

Só Tenho Os Dez Por Cento do Dízimo e Acabou o Meu Gás – Voltando a Questão

PAGO O DÍZIMO OU DOU O GÁS - Só Tenho Os Dez Por Cento do Dízimo e Acabou o Meu Gás, O Que Devo Fazer?

Eu mesmo já presenciei situações parecidas onde pessoas chegaram com dúvida se devolviam o dízimo ou se pagavam a conta de luz por exemplo. Então veja que muitas pessoas enfretam essa realidade. Até mesmo os que se dizem dizimistas fieis passam por situações difíceis. Entretanto muitos entendem o dízimo de forma errônea infelizmente.

De acordo com a foto acima eu diria que você deve comprar o gáz, pagar a conta de luz, a conta da água, etc. Portanto não deixe de suprir a sua casa afim de entregar o dízimo a ninguém, pois isso seria um equívoco.

Confira essas leituras acerca do dízimo:

Confira os textos acima acerca do assunto.

Só Tenho Os Dez Por Cento do Dízimo e Acabou o Meu Gás, O Que Devo Fazer?

E você o que faria nesse caso? É bom lembrar que um dizimista fiel não deveria estar nem se quer passando por uma situação dessa. Imeditamente ele poderia ir até o lider da denominaçao, pois o mesmo deveria suprir tal necessidade uma vez que a pessoa é dizimista fiel naquele local.
Geralmente quando falamos sobre isso as pessoas dizem que somos contra o dízimo, na verdade não somos contra o dízimo em si, porém somos contra a forma pela qual o mesmo é ensinado.

Enfim estude mais a respeito do assunto, pegando texto e contexto para que você fique com a sua mente tranquila.

Que Deus abençoe a todos!

Compartilhar...

4 Comentários

  1. Avatar

    Excelente explanação. Devemos dar o dízimo sim. Mas nestes casos concordo com o senhor! Equilíbrio e ponderação sempre!

    Responder
  2. Avatar

    A Primeira versão de Almeida não falava em DEVORADOR, MAS ela dizia:

    E REPREENDEREI POR CAUSA DE VÓS O COMILÃO…

    vERSÃO DE ALMEIDA DE 1819 – Comilão ao invés de DEvorador em Malaquias 3.11. Foi utilizada até 1898 ( durante 79 anos!)

    Se alguém cita Malaquias pra falar sobre dízimo, deveria lembrar que Malaquias é parte da Lei, e as regras do dízimo na lei estão no pentateuco por exemplo, no texto de Deuteronômio 14.22-28. Davi, Moisés, Josué, Gideão, Elias, Eliseu, Salomão, Ezequias e Samuel por exemplo, VIVERAM ANTES DE MALAQUIAS: o que eles sabiam sobre o dízimo? o que está na lei dada pelo próprio autor da vida a Moises no monte Sinai.
    Eu passei muitos anos da minha vida sem saber nada sobre dízimos, até que um dia um irmão meu foi proibido de ceiar por ter perdido o comprovante do dízimo. Aquilo foi o marco na minha vida. E o texto de Deuteronômio 14 também. Deus mandando comprar comida com o próprio dízimo? Como nunca me ensinaram aquilo? Mas não se pode tirar um til ou uma vírgula da bíblia! Por que então só se prega Malaquias? Na minha tentativa de provar para mim mesmo que aquele irmão poderia sim, participar da ceia sem ter o comprovante do dízimo eu acabei descobrindo que OS JUDEUS NÃO PRATICAM MAIS O DÍZIMO (e são prósperos); OS EUROPEUS NÃO PRATICAM MAIS O DÍZIMO (e são prósperos); eles substituíram os dízimos por “CHURCH TAX” – taxas eclesiásticas, que são menos de 3%, e no entanto o suposto devorador não está nas igrejas da Europa, ele está aqui, nas igrejas do Brasil, aonde só tem pobre e gente endividada; eu era o dizimista mais roxo, eu fiz um voto a Deus de dizimar 20%! Minha vida nunca prosperou, e não me acusem porque tenho certeza que nada fiz de errado. Até que aconteceu esse episódio e conheci a verdade! Tudo isso eu falo em um vídeo do meu canal chamado EUROPA SEM DÍZIMOS, A HISTÓRIA DO DÍZIMO, O DÍZIMO NA HISTÓRIA… Te convido a dar uma olhada. Se alguém quiser ser dizimista que seja pelo motivo certo e pelo jeito certo e ciente de toda a verdadeira história, pois O CRISTIANISMO É MUITO MAIS QUE NOSSA EXPERIÊNCIA PESSOAL TEM DOIS MIL ANOS DE HISTÓRIA, ATRAVESSA POVOS DE CULTURAS DIFERENTES. Ah, e eu fui olhar no dicionário bíblico de hebraico e o devorador não é um demônio. Até os judeus dizem isso. Se pensarmos assim, em algumas passagens bíblicas o devorador será Sadraque Mesaque e Abednego, Daniel, e até o povo de Israel.
    Algumas coisas que os israelitas sabiam, e que os judeus de hoje também sabem, é que antes da lei, o patriarca Abraão dizimou voluntariamente dos despojos que trouxe da guerra (Hebreus 7.4). Pelo menos na bíblia, está relatado que Abraão dizimou apenas uma vez. Dizer mais que isso é forçar o texto. Abraão voltava de uma guerra que acabara de vencer; ninguém leva seus bens pra uma guerra, ao menos uma vez, e que aquilo era um costume dos povos antigos, até na antiga Terra de Harã de onde Abraão viera. Claro que Abraão fez isso como um gesto de honra a Deus diante dos deuses falsos de Canaã que não puderam impedir a derrota dos reis de Sodoma e Gomorra.
    Os judeus e israelitas sabiam claramente que se ROUBASSEM A PARTE DO DÍZIMO do órfão, da viúva e do estrangeiro eles seriam malditos com a maldição do monte Ebal. MAS AS IGREJAS PARECEM NÃO SABER DISSO.
    PREGAR O DEVORADOR HOJE É FÁCIL. Queria ver pregar devorador na Idade média, onde quem nascia camponês morria camponês, quem nascia nobre, morria como nobre; A BÍBLIA ERA A MESMA, Deus nunca mudou, e os camponeses eram dizimistas (ou dizimavam ou eram presos) e sempre foram explorados até o fim de suas vidas. Na idade média, o que mandava era o berço em que você nascia, não existia faculdade, nem concurso público, nada que mudasse essa condição. eu queria mandar os pregadores de hoje de volta no tempo pra eles compreenderem melhor essa questão.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.