Jesus

Jesus é ainda hoje é um dos nomes mais propagados na história. E quando se fala de Jesus sabemos que esse não é um assunto restrito ao cristianismo. Mas outras religiões tem também certo conhecimento acerca dele.

Uns falam bem, outros falam mal, outros ainda dizem que ele não existiu, mas de uma forma ou de outra Jesus é propagado por um número de pessoas que seria difícil contabilizar.

Além disso naõ somente online mas também no mundo offline Jesus é extremamente difundido.

Você que chegou até esse artigo salve essa página em algum lugar para que você leia posteriormente, pois tentaremos falar de forma extensa acerca do assunto.

Então vamos começar falando sobre as imagens acerca de Jesus.

Jesus é Parecido Com as Imagens que Vemos Hoje?

Neste link você pode ver diversas imagens referentes a Jesus, mas o que podemos dizer é que Jesus não tem haver com tais imagens, a não ser alguma que se refira a moradores que moraram na mesma região onde ele nasceu. Entretanto ainda assim seria apenas uma hipótese ainda que consideremos mais próximas da verdade.

Mas é importante salientar que as pessoas não davam tanta importância a aparência do Mestre, mas sim ao que ele fazia e ensinava. Então vemos que estudos acerca de Cristo, dentre os milhares que existem, a sua aparência física não é algo tão relevante.

Não vemos por exemplo nos livros de Mateus, Marcos, Lucas ou João referências quanto a aparência física de Jesus. Além disso o livro de Atos que conta o que os apóstolos fizeram e o que falaram acerca de Jesus, também não faz alusão a aparência de Cristo.

O apostolo Paulo em suas cartas que foram 13, as cartas de Pedro que foram duas também não contém citações acerca da aparência de Cristo.

Tiago o irmão de Jesus, e Judas seu outro irmão, também escreveram uma carta, mas não fizeram menção de sua aparência.

O apostolo João escreveu 3 cartas e também o livro de apocalipse, mas nas cartas não se faz menção de sua aparência. Entretanto no livro de apocalipse o autor tenta descrever a aparência de Cristo, mas nesse caso ela estava em sua forma divina. Ali Jesus já havia morrido e ressuscitado.

Nesse caso portanto não entra em questão no que se refere aparência de Cristo como homem aqui na Terra.

Existe uma passagem no livro do profeta Isaías onde parece haver uma alusão acerca de sua aparência, conforme vemos abaixo:

A aparência de Jesus em Isaías

Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.
Isaías 53:2

Muitos já usaram essa passagem para dizer que Jesus era feio, mas outros dizem que na verdade essa seria a imagem dele na cruz, onde ele estava totalmente desfigurado.

Alguns já afirmaram que Jesus era um tanto musculoso devido seu estilo de vida itinerante, além disso ele trabalhou como carpinteiro por um bom tempo.

Na época de Jesus a atividade carpinteira era relativamente comum em todo o Oriente Médio. Uma vez que não dispunha dos modernos recursos de bricolagem, a carpintaria era um trabalho pesado, que exigia profissionais não apenas hábeis no trato da madeira como fortes na sua manipulação.

Fonte: Noticias de Sião

Em que Língua Jesus Falava?

De acordo com a maioria dos historiadores Jesus falava aramaico. É confirmado que nas terras em que Jesus viveu no primeiro século as línguas faladas eram:
Arameu, hebreu, grego e latim, mas a maioria dos estudiosos concordam que ele falava aramaico.

Mas outros ainda dizem que Jesus conhecia outras línguas, como o hebraico por exemplo, e até poderia fazer uso delas eventualmente, mas a língua principal que ele falava era o aramaico.

A Alfabetização de Jesus

Quanto a alfabetização de Jesus existem algumas controvérsias, pois não existe uma certeza quanto a isso segundo alguns estudiosos. Entretanto muitos outros concordam que Jesus sabia ler e escrever com bastante propriedade.

Existem textos bíblicos que provam que Jesus sabia ler, como podemos ver abaixo

E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.
E foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito:
O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração,
A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor.
E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.
Lucas 4:16-20

Passagens na Bíblia também mostra Jesus escrevendo:

Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.
João 8:6

E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra.

João 8:8

Além disso ele era chamado de Mestre, o que certamente não caberia naquela época há uma pessoa iletrada. Além disso como citamos acima, junta-se o fato dele saber falar outras línguas além do aramaico.
A etnia de Jesus certamente influenciou em sua educação.

Jesus era filho de José com Maria, portanto ele era Judeu. Geralmente uma criança judia estava alfabetizada no hebraico aos 7 anos de idade. Jesus certamente falava e escrevia em hebraico, pois era o idioma religioso o qual fora instruído em relação a Toráh.

O Nome do Filho de Deus é Realmente Jesus?

Ultimamente muitas pessoas tem tocado nesse assunto, coisa que não se via a tempos atrás, ou talvez o assunto estivesse mais offline. Com a internet hoje vemos muitas pessoas colocando o assunto em questão.

Já ouvimos falar de Yeshua, Yausha, Yahoshua, etc. Quanto a este assunto sugiro que você continue pesquisando.
Nesse vídeo (clique no link ao lado para ver) o assunto é abordado.

Por causa ainda da confusão que se faz a essa questão, talvez por ser um assunto relativamente novo, as pessoas ficam confusas e muitas preferem ignorar. Mas nós sempre defendemos que aprender nunca é demais.

Então fica a seu critério a pesquisa.

Provas da Existência de Jesus na História

A maioria dos estudiosos concordam que Jesus de fato existiu, ainda que não com a mesma interpretação. Além disso muitos discutem sobre confiabilidade história dos evangelhos.

Quanto aos que acreditam que Jesus de fato existiu

Essas pessoas concordam nas seguintes questões, ao afirmarem que Jesus:

  • Foi um pregador judeu da Galileia
  • Batizado por João Batista
  • Foi crucificado por ordem de Pilatos (Governador Romano)

Outros perfis foram traçados e muitos usam até o termo “Jesus histórico”, onde Jesus é visto de outras formas como por exemplo:

  • líder de um movimento apocalíptico
  • o Messias
  • um curandeiro carismático
  • um sábio e filósofo
  • Um reformista igualitário

Dessa forma outras fontes além são exploradas junto as coisas descritas no novo testamento acerca de Jesus Cristo.
Para muitos que falam sobre o “Jesus Histórico”, enfatizam diversas teorias até a crucificação, o que passar dali é apenas uma questão de fé e não de história.

Pensamento da Maioria das Cristãos

Já no que se refere ao pensamentos dos cristãos na sua maioria, os mesmos defendem o fato de Jesus:

  • ser concebido pelo Espírito Santo no ventre de Maria que era virgem.
  • Realizou vários milagres
  • Fundou a igreja (Aqui não falamos de igreja como a igreja católica e outras denominações, mas como o Corpo de Cristo)
  • Morreu crucificado fim de expiar os pecados
  • Ressuscitou ao terceiro dia após sua morte
  • Ascendeu aos céus e em breve retornará

Além disso grande parte dos cristãos defendem Jesus como sendo a encarnação de Deus, e também como a segunda pessoa da chamada “Santíssima Trindade”. Mas alguns cristãos não interpretam a trindade da mesma forma, alguns a rejeitam em partes e outros a rejeitam totalmente.

Os Ensinamentos de Jesus e a Forma como Vivia

Ao mesmo tempo que a vida de Cristo foi marcada por eventos sobrenaturais, ao mesmo tempo vemos o quanto ele foi humano.

Ao mesmo tempo que ele manifestava o poder de Deus e revelava Deus através de si mesmo por onde passava, ainda assim viveu como um homem normal com suas limitações.

Dessa forma Jesus pode entender o que é ser humano com todas as suas limitações, a única diferença é que Jesus não tinha pecado, como confirma a carta aos Hebreus.

Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
Hebreus 4:14,15

Quanto a sua vida e ensinamentos temos como principal fonte os livros de Mateus, Marcos, Lucas e João. Mas outras passagens bíblicas no Novo Testamento também mencionam fatos importantes da sua vida.

Podemos ver o apostolo Paulo fazendo menção da ultima Ceia (1 Coríntios 11:23-26).

Algo interessante que podemos ver no livro de Atos é que ali se fala mais sobre a sua ascensão aos céus do que os evangelhos. Leia Atos 1:1-11.

Temos menção também acerca de acontecimentos da vida de Jesus em Atos nos capítulos 10 e 19.

Existem outras fontes que falam a respeito da vida de Jesus, mas a maioria dos pesquisadores e estudiosos consideram menos confiáveis. Certamente você já deve ter escutado falar sobre o Evangelho de Pedro, o apócrifo de Tiago e o Evangelho de Tomé dentre outros. Mas como falamos são considerados menos confiáveis quando se trata da vida e ensinamentos de Jesus.

O Nascimento do Messias

Jesus nasceu em Belém da Judeia como esta narrado em Mateus:

E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém,
Mateus 2:1

E você pode conferir como foi o nascimento em Mates capítulo 1 do verso 18 em diante. Além disso você também pode conferir mais detalhes em Lucas capítulo 1 do versículo 26 em diante.

O nascimento do Messias ao mesmo tempo que foi marcado pela glória divina, foi também marcada por tragédias devido as ações de Herodes. O rei se sentiu ameaçado com o nascimento de Cristo e mandou matar todas as crianças de 2 anos para baixo (confira em Mateus capítulo 2).

Mas Deus através de anjos orientou tanto os magos como os pais de Jesus acerca do que fazer para manter o menino seguro.

Infância

Quanto a infância de Jesus não temos muita informação acerca da mesma nos evangelhos. Então por que tão pouco é falado acerca da vida de Jesus quando ele era pequeno? Será que Jesus era uma criança comum?

Quanto a José e Maria… será que eles sabiam que o menino era especial pelo anjo ter aparecido, ou desde pequeno ele já se mostrava ser uma criança especial?

Geralmente costumamos ser mirabolantes em nossa imaginação, mas de fato Jesus foi apenas um menino aguardando o seu tempo de se manifestar a Israel.

Provavelmente Jesus viveu normalmente como qualquer outra criança, ainda que as pessoas venham imaginar ele fazendo diversas coisas sobrenaturais quando criança. Mas até então fica-se apenas na imaginação, pois não temos como afirmar tais coisas.

O que de fato podemos saber a respeito de Jesus quando ele era criança, é que ele foi uma criança, passando pela adolescência e juventude de forma perfeitamente normal. Ele cresceu e aprendeu normalmente como todos de sua época aprendiam.

Portanto, provavelmente ele não tenha feito nenhum milagre e nenhum feito extraordinário durante esses doses anos. Se alguém olhasse para Jesus brincando com as outras crianças provavelmente não iria identificar nada de diferente.

Jesus não tinha pecado e isso fazia com que fosse diferente dos demais

Provavelmente ninguém percebeu que aquele era o filho de Deus, o Messias que havia de vir ao mundo, pois era uma criança normal. O que talvez distinguisse Jesus das demais crianças era o seu caráter santo, piedoso, um menino obediente.

Se alguém acompanhasse Jesus de perto, certamente não poderia ver ele fazendo qualquer coisa que pudesse ser qualificada como pecado, por que de fato ele não tinha pecado.

Durante o tempo de 12 anos Jesus cresceu com seus irmãos em Nazaré, aprendeu as tarefas normais e a profissão de seu pai José que era carpinteiro. Além disso ele aprendeu o Antigo Testamento com o seu pai e a sua mãe como as demais crianças judias da época. Contudo Jesus superava todas as demais crianças no que se refere ao conhecimento.

O que podemos dizer também é que havia uma graça e um favor especial de Deus sobre ele. E outra coisa que podemos ter certeza é que foi nesse período que Jesus desenvolveu a consciência de quem ele era.

Entretanto só podemos imaginar quando Jesus realmente teve a consciência de que era o Filho de Deus, e que era o Messias, não sabemos com que idade ele percebeu isso.

Por que em Lucas podemos ver que quando Jesus tinha 12 anos de idade ele já tinha consciência de que Deus era seu Pai, como você pode confirmar na passagem abaixo:

Narrativa de Lucas

E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa.
E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e não o soube José, nem sua mãe.
Pensando, porém, eles que viria de companhia pelo caminho, andaram caminho de um dia, e procuravam-no entre os parentes e conhecidos;
E, como o não encontrassem, voltaram a Jerusalém em busca dele.
Aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os.
E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas.
E quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.
E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?
Lucas 2:42-49

Então como você leu a passagem acima, perceba que Jesus aos 12 anos já tinha consciência de que era Filho de Deus e que foi enviado para fazer o vontade de seu Pai.

Mas não sabemos exatamente quando no período de zero a 12 anos ele desenvolveu essa consciência. Contudo quando ele teve a consciência de que era o Filho de Deus e que foi enviado por Deus para cumprir uma missão, não sabemos o quanto ele sabia dessa missão aos 12 anos.

Talvez ele já tivesse o conhecimento claro de que haveria de morrer, pois era essa a sua missão, morrer pelos pecados do povo de Deus. Não sabemos exatamente como aconteceu, mas certamente ocorreu de alguma forma. (Fala de Augusto Nicodemos)

Os Ensinamentos do Mestre

Quanto aos ensinamentos de Jesus que são muitos queremos enfatizar aqui que Jesus ensinava como tendo autoridade, pois de fato a tinha. Enquanto muitos mestres da época de Cristo quando falavam faziam referência a outros mestres para dar autoridade as suas Palavras, Jesus fazia diferente.

Além disso até os profetas do Antigo Testamento por exemplo que recebiam a Palavra vinda da parte de Deus faziam questão de atribuir a autoridade de suas Palavras ao Senhor.

Para que você entenda melhor essa questão leia sobre:
Jesus Ensinou com Autoridade no site estudos da bíblia net.

Além disso muitos sermões eram pregados por Cristo e muitas parábolas eram proferidas por ele passando assim ensinamentos preciosos aos seus ouvintes. Aqueles que de fato estavam com o coração aberto as Palavras do Mestre podiam compreender perfeitamente o que ele ensinava.

Muitas vezes o próprio Messias se referia aos seus ensinamentos como revelações conforme podemos ver na passagem de João abaixo:

Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras.
João 14:10

Capítulos atrás no mesmo livro do João ele declara:

Jesus lhes respondeu, e disse: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou.
João 7:16

Base dos Ensinamentos de Messias

Podemos pensar na base dos ensinamentos de Jesus em alguns aspectos. Mas acima de tudo a base de seus ensinamentos era a vontade do Pai. Como nos referimos acima ele mesmo declarou que suas palavras estavam em perfeita harmonia com as palavras do Pai que o enviou.

Ele ensinou as pessoas a amarem a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Em momento na história da vida de Jesus que foi é conhecida como a transfiguração vemos o próprio Deus exortando que a voz do Messias fosse ouvida.

E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o.
Mateus 17:5

O Batismo de Jesus

Quanto ao batismo de Cristo você pode conferir o fato nas Escrituras nas seguintes passagens:

  • Mateus 3:13-17
  • Marcos 1:9-11
  • Lucas 3:31-22
  • João 1:29-34

O acontecimento do batismo vem pouco tempo depois de João já está exercendo o seu ministério. João Batista é conhecido como a “voz que clama no deserto”. A profecia em Isaias 40 fez referência ao ministério de João Batista:

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.
Isaías 40:3

O objetivo do ministério de João era preparar as pessoas para receberem o Messias.

João dizia que ele batizava com água, mas que viria um que era mais poderoso do que ele, que não era digno sequer de desamarrar a correia de suas sandálias, referindo-se assim a seu primo Jesus. O batismo ocorreu no rio Jordão.

Por que Jesus Quis ser Batizado?

Perceba que João reluta em batizar Jesus, pois ele mesmo disse que carecia de ser batizado por ele. João reconhecia a natureza divina de Cristo, por isso se sentiu constrangido em batiza-lo. Mas Jesus disse que assim deveria ser para se cumprir toda a justiça.

Então Jesus se batizou não por que ele tinha pecado, mas escolheu se submeter ao cerimonial judaico como um ato de justiça. Portanto como a ordem de Deus dada a João foi que todo Israelita deveria ser batizado Jesus também se submeteu.

Depois que Jesus foi batizado conforme narrado em Mateus, ele foi conduzido ao Espírito Santo para ser tentado pelo diabo. Grande parte dos estudiosos concordam que isso foi uma preparação para o ministério público de Jesus.

Jesus tinha quase trinta anos quando foi batizado. (Lucas 3:23).

A Tentação de Jesus

A tentação de Jesus foi um fato importante na vida do Messias antes de dar início ao seu ministério público como nos referimos acima, pois foi uma preparação. As passagens bíblicas que narram a tentação de Cristo são:

  • Mateus 4:1-11
  • Marcos 1:12,13
  • Lucas 4:1-13

Em suma satanás tentou Jesus a sair do foco, desobedecendo a vontade do Pai não cumprindo assim o seu propósito pelo qual veio a esse mundo.

Se possível leias todas as passagens acima onde é citando esse evento na história do Salvador e perceba que o Messias foi tentado em diversas áreas da vida.

Ele foi tentado a idolatrar o diabo em troca das riquezas e prazeres deste mundo, foi induzido a tentar a Deus o que poderia causar sua morte antes do tempo. Além disso foi tentado a eliminar sua fome por sugestão de satanás em transformar pedras em pães.

Estudiosos que analisam essa passagem dizem que Jesus não o fez, pois ele não tinha que obedecer aquilo que o diabo falava e também por que ele confiava na providência divina.

Satanás citava textos bíblicos para tentar Jesus, entretanto conhecedor das Escrituras que era, o Mestre utilizava-se das mesmas Escrituras dentro do seu contexto para refutar a satanás.

Um exemplo disso foi quando o acusador citou Salmos 91 e verso 11, dizendo que se Jesus se lançasse do pináculo do templo, Deus enviaria anjos para o guardar.

Mas Jesus usou o texto de Deuteronômio capítulo 6 e verso 16:

Não tentareis o Senhor vosso Deus…
Deuteronômio 6:16a

Dessa forma Jesus usa sua autoridade e conhecimento das Escrituras, expulsa a satanás e logo após os anjos chegam e o servem.

O Ministério Público do Messias

O profeta Isaías no capítulo 61 faz menção de com seria a base do ministério do Salvador:

O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;
Isaías 61:1

O ministério de Jesus foi exatamente de acordo com essa profecia, pois Jesus pregou, restaurou os contritos de coração, proclamou a liberdade aos presos e cativos. Jesus libertou tanto pessoas presas por espíritos malignos como também livrou pessoas das injustiças dos homens.

Jesus Escolhe 12 Homens Para o Acompanhar em seu Ministério:

E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus.
E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos:
Simão, ao qual também chamou Pedro, e André, seu irmão; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu;
Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelote;
E Judas, irmão de Tiago, e Judas Iscariotes, que foi o traidor.
Lucas 6:12-16

  1. Simão (Pedro)
  2. André (irmão de Pedro)
  3. Tiago
  4. João
  5. Filipe
  6. Bartolomeu
  7. Mateus
  8. Tomé
  9. Tiago (Filho de Alfeu)
  10. Simão chamado Zelote
  11. Judas (irmão de Tiago)
  12. Judas

O Cumprimento da Profecia Acerca de Seu Ministério

Um fato interessante é que o próprio Jesus leu as profecia de Isaías que falava de si mesmo, como você pode conferir na passagem abaixo em Lucas:

E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.
Então foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito:
O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração,
A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor.
E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.
Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos.
Lucas 4:16-21

Jesus leu essa passagem e após isso disse aos ouvintes que essa profecia estava se cumprindo diante de seus ouvidos. Certamente muito não creram, mas muitos foram repreendidos e ficaram cheios de ira ao ponto de o expulsarem da cidade.

Jesus Realizou Diversos Milagres em Seu Ministério

Muitos foram os feitos de Jesus durante o seu ministério que durou cerca de três anos. Ele curou muitos doentes, multiplicou pães e peixes, expulsou muitos demônios.

Além disso demonstrou seu poder e controle quanto a natureza dando ordens ao mar e a tempestade. O Mestre da vida também ressuscitou mortos como foi o caso de seu amigo Lázaro e a filha de Jairo dentre outros.

NúmeroEventoMateusMarcosLucasJoão
01Transformou a água em vinho2 :1 – 11
02Exorcismo na sinagoga de Cafarnaum1:21-284:31-37
03Pesca miraculosa em Genesaré4:18-221:16-205:1-11
04Jovem morto em Naim7:11-17
05Cura do leproso8:1-41:40-455:12-16
06Cura do servo do centurião
Cura do filho do oficial
8:5-13
7:1-10

4:46-54
07Cura da sogra de Pedro8:14-171:29-344:38-41
08Exorcismo ao anoitecer8:16-171:32-344:40-41
09Acalmando a tempestade8:23-274:35-418:22-25
10Endemoniado gadareno8:28-345:1-208:26-39
11Paralítico em Cafarnaum9:1-82:1-125:17-26
12Mulher com sangramento9:20-225:24-348:43-48
13Filha de Jairo9:18-19/9:23-265:21-24/5:35-438:40-42/8:49-56
14Dois cegos da Galileia9:27-31
15Exorcismo do mudo9:32-34
16Paralítico em Beteesda5:1-18
17Homem com a mão mirrada12:9-133:1-66:6-11
18Exorcismo de homem cego e mudo12:22-283:20-3011:14-23
19Mulher doente13:10-17
20Alimentando os 500014:13-216:31-449:10-176:5-15
21Caminhando sobre as águas14:22-336:45-526:16-21
22Cura em Genesaré14:34-366:53-56
23Filha da mulher canaanita15:21-287:24-30
24Surdo-mudo em Decápolis7:31-37
25Alimentando os 400015:32-398:1-9
26Homem cego em Bethsaida8:22-26
27Transfiguração de Jesus17:1-139:2-139:28-36
28Menino possuído pelo Demônio17:14-219:14-299:37-49
29Moeda na boca do peixe17:24-27
30Homem com hidropisia14:1-6
31Cura de dez leprosos17:11-19
32Cego de nascença9:1-12
33Cego próximo a Jericó20:29-3410:46-5218:35-43
34Retorno de Lázaro11:1-44
35Amaldiçoando a figueira21:18-2211:12-14
36Jesus curando a orelha do servo22:49-51
37Pesca de 153 peixes em Tiberíades21:1-24
Jesus - Ele operou diversos milagres

Ai esta uma lista dos milagres de Jesus e onde cada milagre se encontra na Bíblia. Alguns milagres são contados em mais de um livro, mas outros não.

Sobre a Transfiguração de Jesus

O relato da transfiguração de Jesus está em Mateus, Marcos e Lucas.

Mateus 17:1-13
Marcos 9:2-13
Lucas 9:28-36

Podemos dizer que a transfiguração de Jesus se refere a Jesus como a maior revelação da glória do Pai. Além disso mais uma vez é confirmado que o Messias de fato é o Filho de Deus.

Observe portanto que nos originais a Bíblia não é divida em capítulos e nem em versículos. Portanto o ultimo versículo do capítulo 16 de Mateus faz parte da narrativa do capítulo 17.

Naquele versículo Jesus garante aos discípulos, que alguns deles não passariam pela morte antes que vissem Jesus em seu Reino. Pedro, Tiago e João são os privilegiados, pois são levados a um alto monte e Jesus é transfigurado diante deles.

A palavra no original é metamorfose. Pedro, Tiago e João, veem como Jesus será visto em sua vinda em glória, com seu rosto brilhando como o sol e suas vestes radiantes como a luz. Além disso Moisés e Elias surgem diante deles e os três conversam sobre a morte de Jesus que estava para ocorrer.

A presença de Moisés e Elias prova que os que parte desse mundo, continuam portanto vivos e conscientes, além de conservarem sua identidade individual. Moisés tinha morrido e Elias tinha sido arrebatado ao céu sem experimentar a morte, oito séculos antes desse evento.

A transfiguração e Moises, o que podemos aprender?


Ademais no Antigo Testamento Moisés tinha sido impedido de entrar na terra prometida por causa de uma desobediência a Deus. Só foi permitido que ele olhasse de longe a terra que ele tanto deseja entrar.

Mas agora ele aparece na mesma terra prometida onde antes não pode entrar, pois Deus tem um tempo para tudo. Portanto percebemos que a agenda de Deus não esta limitada aos nossos poucos anos de vida aqui nessa terra.

Entretanto os incrédulos vivem no desespero de realizar seus planos em um curto espaço de uma vida. Mas o crente em Jesus não precisa ter essa pressa, pois sua perspectiva de vida é eterna.

Pedro imediatamente se oferece para armar três tendas, pois seria uma para Jesus, outra para Moisés e outra para Elias. Dessa forma Pedro acaba por colocar os três em um mesmo nível.

Entretanto uma nuvem resplandecente surge e dela sai uma voz que diz:

E saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho; a ele ouvi.
Lucas 9:35

Então os discípulos se prostram no chão e quando abrem os olhos só enxergam Jesus. Moisés e Elias desapareceram. Moisés e Elias eram servos de Deus, mas Jesus é o Unigênito Filho de Deus, o único homem gerado por Deus.

Jesus é ao mesmo tempo, Deus e homem, portanto a expressa imagem da divindade, o único sem começo nem fim. O messias de fato é inconfundível e não pode ser comparado a qualquer outro chamado herói, ou filósofo da história da humanidade.

Então por mais gratificante que tenha sido a experiência dos discípulos diante de Jesus transfigurado, mas agora precisavam descer da montanha e encarar a vida como ela é com todos os seus problemas.

Observação Sobre a Entrada de Jesus em Jerusalém


Por que Jesus não entrou em um cavalo branco mas sim em um jumentinho humilde? Segundo alguns estudiosos o cavalo como entrada triunfal era símbolo dos Romanos. Mas na cultura do oriente médio o animal do rei era uma jumenta.

Você se lembra que Balaão tinha uma jumenta? Lembra também que o filho de Davi Absalão montou na jumenta do rei Davi? Então a jumenta era o símbolo dos reis do Oriente Médio. Então Cristo entrou de maneira triunfal, mas não a luz de Roma.

Mas a luz do Oriente Médio, contrastando assim o tipo de Glória dele com a gloria do mundo. O cristão nesse sentido pode por exemplo ser rico, mas deve ser um rico diferente, assim também ser for pobre deve ser igualmente diferente.

Além disso Jesus cumpria dessa forma a profecia de que ele viria montando em um jumentinho, filho de jumenta.

Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta.
Zacarias 9:9

Profecia se cumpre com a entra triunfal de Jesus em Jerusalém.

A Ultima Ceia de Jesus com os Discípulos

Finalmente, chegou o dia dos pães sem fermento, no qual devia ser sacrificado o cordeiro pascal.
Jesus enviou Pedro e João, dizendo: “Vão preparar a refeição da Páscoa”.
“Onde queres que a preparemos? “, perguntaram eles.

Jesus Orienta Seus Discípulos Sobre a Preparação da Ceia


Ele respondeu: “Ao entrarem na cidade, vocês encontrarão um homem carregando um pote de água. Sigam-no até a casa em que ele entrar
e digam ao dono da casa: ‘O Mestre pergunta: Onde é o salão de hóspedes no qual poderei comer a Páscoa com os meus discípulos? ’
Ele lhes mostrará uma ampla sala no andar superior, toda mobiliada. Façam ali os preparativos”.
Eles saíram e encontraram tudo como Jesus lhes tinha dito. Então, prepararam a Páscoa.
Quando chegou a hora, Jesus e os seus apóstolos reclinaram-se à mesa.

Jesus Conversa com os Discípulos na Ocasião da Ceia


E disse-lhes: “Desejei ansiosamente comer esta Páscoa com vocês antes de sofrer.
Pois eu lhes digo: Não comerei dela novamente até que se cumpra no Reino de Deus”.
Recebendo um cálice, ele deu graças e disse: “Tomem isto e partilhem uns com os outros.
Pois eu lhes digo que não beberei outra vez do fruto da videira até que venha o Reino de Deus”.
Tomando o pão, deu graças, partiu-o e o deu aos discípulos, dizendo: “Isto é o meu corpo dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”.
Da mesma forma, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue, derramado em favor de vocês.

Jesus Fala Acerca do Traidor

“Mas eis que a mão daquele que vai me trair está com a minha sobre a mesa.
O Filho do homem vai, como foi determinado; mas ai daquele que o trai! “
Eles começaram a perguntar entre si qual deles iria fazer aquilo.
Lucas 22:7-23

Últimos acontecimentos na Vida de Jesus


Após Jesus ter relevado quem seria o traidor e como ele seria entregue e morto os acontecimentos se sucederam exatamente como ele havia previsto.

Jesus é traído, entregue a seus algozes e posteriormente é crucificado. Entretanto ao terceiro dia Jesus ressuscita. Após ressuscitar ele aparece mais de uma vez para seus discípulos antes de subir aos céus e deixar a promessa para que eles ficassem em Jerusalém até que do alto fossem revestidos de poder.

Leia o livro de Mateus a partir do capítulo 26 e acompanhe os eventos finais da vida de Jesus Cristo.

Algo importante a se considerar foi o que João disse no final de seu livro:

Jesus, pois, operou também em presença de seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro.
Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.
João 20:30,31

Tudo o que Jesus fez, vai além do exemplar bíblico que temos hoje, mas o que temos é o suficiente para que creiamos que Ele é o Unigênito de Deus e Nele tenhamos vida.

A Atitude Dela Deve Ser Lembrada em Todo Mundo

Um dos últimos acontecimentos na vida de Jesus foi o aquela ocasião em que uma mulher ungiu seus pés. O próprio Messias disse que a atitude dela deveria ser lembrada enquanto o evangelho fosse pregado em todo o mundo.

E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento;
E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça, beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o ungüento.
Lucas 7:37,38

Esse evento também é citado em Mateus 26, Marcos 14 e João 12.

Algumas pessoas reclamaram da atitude da mulher, dizendo que o que ela estava fazendo era um desperdício. Mas Jesus disse que ela estava fazendo uma boa ação, pois estava fazendo aquilo para o seu sepultamento.

De acordo com o livro de João, Judas Iscariotes reclamou por que ao invés da mulher fazer aquilo, poderia se vender o unguento por 300 dinheiros e dar aos pobres. Mas de acordo com a narrativa de João ele disse aquilo não por que tinha compaixão dos pobres, mas por que era ladrão e além de ter a bolsa, roubava.

Algumas Questões Acerca de Jesus

Alguns questionamentos que as pessoas fazem acerca do Messias. Esperamos poder ajudar com essas respostas.

O que é Jesus Cristo?

Na verdade a pergunta não seria o que é Jesus Cristo, mas sim quem é. Pois cremos que Jesus é o Filho de Deus. De acordo com algumas fontes Jesus é a figura central do Cristianismo e que foi concebido da virgem Maria. Entretanto além de ser verdade Ele vai muito além disso, pois ele é o Cabeça da Igreja.

Qual é o Nome Completo de Jesus

Alguns dizem que o nome completo dele é Jesus de Nazaré, o que não cremos que seja isso. Nazaré foi apenas um dos locais que fez parte da história do Messias. Mas isso não quer dizer que em seu registro ele era chamado de Jesus de Nazaré como um nome pessoal.

Como Jesus Viveu Aqui na Terra?

Jesus viveu como um ser humano, entretanto fazia muitas coisas que uma pessoa comum não poderia fazer, pois cremos que Ele era o Filho de Deus, cuja toda plenitude da divindade habitava Nele. Entretanto teve as suas necessidades como todo ser humano, de comer, beber se vestir, etc.

Não se sabe muito como ele viveu a sua infância e adolescência, mas você pode ler Lucas 2:42-49 e ter parte dessas informações. Portanto ele viveu em grande parte de sua vida como um ser humano normal.

Qual Foi o Ano do Nascimento de Jesus?

Queremos deixar claro aqui que Jesus não nasceu no dia 25 de Dezembro, mas como Ele nasceu no tempo do rei Herodes, estima-se portanto que o seu nascimento foi entre o ano 4 ao 6 da era cristã.

Quando Jesus Viveu Na Terra?

Considerando o que respondemos acima, ele viu na terra a cerca de 2000 mil anos atrás. Ademais de acordo com algumas fontes ele viveu na Palestina, cujo local hoje é um dos territórios que pertence a Israel.

Qual é o Nome Hebraico de Jesus?

Existem algumas controvérsias quanto ao nome hebraico de Jesus, inclusive muitas pessoas não aceitam o nome Jesus. Então como já citamos nesse artigo Já ouvimos falar de Yeshua, Yausha, Yahoshua, etc. Mas você pode dar uma conferida nesse vídeo para mais detalhes.

Você que leu até aqui sobre Jesus deixe o seu comentário pois o mesmo é muito importante. Salve essa página em seus favoritos para consultar quando quiser. Até mais e que Deus te abençoe.

56 Comentários

























































Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.