O Que Fazer Com Um Filho Rebelde

O Que Fazer Com Um Filho Rebelde – Leia com atenção

Vejamos aqui algumas orientações básicas de como agir com um filho que está agindo de forma rebelde com seus pais, pois a correção de hoje com certeza trará benefícios amanhã, vejamos algumas questões importantes.

1- Deixar Bem Claro Quem é a Autoridade do Lar

Muitos filhos pensam que são eles que mandam na casa, querem fazer o que bem entendem.   

Então quando são corrigidos agem com agressividade. Entretanto  os pais jamais devem permitir, e infelizmente as vezes a autoridade esta sendo tirada por alguém próximo da família.

Alguém pode esta fazendo com que esse filho entenda que ele é quem manda, isso precisa ser resolvido.

Certamente não estamos falando de pais ditadores, nem que gritam para demonstrar que tem autoridade.

Mas sim de pais conscientes que precisam passar para os seus filhos que os mesmos estão debaixo de autoridade querendo ou não.

A autoridade dos pais precisa ser respeitada e isso é algo que não se deve abrir mão.

Os pais sustentam os filhos, vestem, calçam, cuidam da saúde, portanto nada mais justo os filhos obedeçam.

Espero que você goste da leitura e possa extrair coisas boas da mesma.

Vejamos Aqui as causas mais Frequentes Que Fazem Com Que os Pais Percam a Autoridade

Então perceba que existem muitas coisas que acontecem na família que contribuem para que os pais percam a autoridade.

Portanto uma vez detectados tais sinais, medidas devem ser tomadas que para que isso não aconteça mais.

Infelizmente isso é ignorado por muito tempo, e quando os filhos estão ficando mais velhos os pais começam a reclamar de rebeldia.

Contudo nenhuma medida foi tomada antes, e as vezes para reverter isso é muito mais difícil.

Então vamos para algumas questões que precisam de atenção e que os pais devem tomar medidas o quanto antes.

A- O Pai Corrige o Filho e a Mãe Passa a Mão Por Cima

Isso tira toda a autoridade do pai, pios a criança vai sempre fazer coisa errada.

Dessa forma a criança sabe que quando errar, vai ter alguém pronto para lhe oferecer um “refúgio”, mesmo diante do erro. (No a Mãe negligente).

Em vista disso a mãe deve respeitar a autoridade do pai da criança ao ver o mesmo corrigindo seu filho.

E se mãe percebe que o pai esta corrigindo a criança de forma injusta, deve esperar o momento certo para conversar sobre a questão.

B- A vovó da criança

Geralmente a vó é muito apegada ao neto e por isso acata todos as besteiras que ele faz.

Então quando os pais usam a correção, a criança corre logo para os braços da avó.

Veja alguns exemplos abaixo:

O filho pede uma bala por exemplo, os pais por sua vez sabe que aquela não é uma boa hora para dar.

Então a criança pede a avó e ela mesmo sabendo que os pais negaram, satisfaz o desejo do neto.

Isso é extremamente nocivo, que por consequência afeta autoridade dos pais em relação a criança.

Além disso não só afeta a autoridade dos pais, como também contribui para afetar a convivência dos pais com seu próprio filho.

Inclusive a criança pode até pensar que a vó gosta mais dele, e que os pais não o amam.

Contudo esta sendo o contrário, pois amar é justamente não fazer tudo o que a criança quer.

Quando se diz não para a criança, na verdade está protegendo a mesma a se tornar uma pessoa melhor no futuro.

Consequentemente essa criança vai saber como lidar melhor com as frustações da vida, pois ela vai receber muitos nãos no decorrer de sua existência.

C- Negligencia dos pais

Os pais simplesmente deixam o filho fazer o que quer sempre, e mesmo quando este esta errado.

Os pais não sabem dizer não, pelo contrário, faz todos os caprichos do filho. Então isso faz com que o filho se veja como o maioral do lar, o dono da terra, o terrorista.

A negligência é muito prejudicial, e coopera para a criação de um filho rebelde.

Contudo de maneira nenhuma deixar o filho fazer tudo o quer significa que são bons pais, na verdade é o contrário disso.

Se hoje vemos um filho que vive na rebeldia, é importante saber que a culpa não é da criança e sim dos pais.

Então vamos falar agora do que precisa ser feito para resolver isso, e saber o que fazer com um filho rebelde.

2- Corrija o Seu filho, Com Justiça

Corrigir é a melhor forma de acabar com a rebeldia de uma criança. Corrigir com autoridade, sempre que a criança errar.

Entretanto corrigir com autoridade não tem nada haver com gritar ou impor nada.

A correção envolve em primeiro lugar diálogo e logo depois punição caso a criança não obedeça mesmo depois de uma conversa.

Além disso a punição nada tem haver com bater o tempo todo na criança, mas pode por exemplo cortar algo que a criança goste por um determinado tempo.

Inclusive depois de tudo, ensinar a criança a pedir desculpas pelo ato cometido.

Entretanto os pais precisam ter discernimento quando a criança erra sem querer e quando ela erra por rebeldia, algo que não é difícil de detectar.

É claro que a criança faz besteira as vezes, por que afinal de contas se trata de uma criança.

Veja abaixo o que deve ser feito com mais detalhes.

É Preciso Corrigir o Erro

E necessário corrigir o erro, porque afinal de contas erro é erro, e precisa ser corrigido.

Mas é importante corrigir a criança quando realmente ela estiver errada, isto é corrigir com justiça. Usar a “vara da correção” quando necessário.

Então dependendo do caso, pois quando a conversa não surgir mais efeito e a criança não ouvir de forma alguma o que os pais dizem, é hora de agir.

Dar umas palmadinhas não vai matar a criança e nem ela vai ficar com problemas psicológicos.

Neste caso a única coisa errada a fazer é o espancamento, isso jamais deve acontecer, porém umas palmadinhas para a criança perceber que vocês estão falando sério neste caso é correto.

Portanto como dissemos em linhas acima, se a correção está sendo injusta um dois pais deverá chamar a atenção do outro.

Mas isso jamais dever ser feito na presença dos filho, caso contrário isso poderá causar confusão na mente da criança.

O Que Fazer Quando o Filho Não Obedece?

Deus é o Pai mais sábio que existe, e por que? Por que quando o povo desobedecia ele falava, e se o povo permanecesse na desobediência era punido.

Muitas vezes Deus teve que lidar com um povo extremamente rebelde, ali era uma relação de pai e filho!

Se um filho desobedece é preciso chamar atenção, se mesmo assim não fizer corrija com a vara.

Frequentemente, não sei se hoje com tanta frequência, mas alguns pais separam uma varinha de goiaba para corrigir o filho.

Então veja que a intenção nuca deve ser espancar e sim corrigir. As Escrituras sagradas é a favor da correção com a vara, mas é contra o espancamento, veja:

Castiga o teu filho enquanto há esperança, mas não deixes que o teu ânimo se exalte até o matar.
Provérbios 19:18

O filho deve ser avisado sobre a desobediência, se fazer pirraça deve ser corrigido com a varinha.

Se você conhece algum outro método que venha fazer com que ele obedeça faça, mais não deixe de corrigi-lo. E qual a intenção da correção? Fazer com que o filho obedeça simples assim.

Uma Das Coisas Que Mais Contribui Para Criar Um Filho Rebelde

Como foi dito acima, erro é erro, é precisa ser corrigir, com justiça é claro. Além de corrigir um erro, é preciso também mostrar autoridade, lembrando que autoridade não é gritar.

Tem muitos pais que berram com os filhos, achando que isso irá fazer com a criança obedeça.

Perceba que o que ocorre é que o filho não obedece o que os pais disseram, e simplesmente nada acontece.

Uma das coisas que mais contribuem para a criação de um filho rebelde é não corrigir quando o mesmo desobedece.

Além disso, ratifico que quando um dos pais corrige e o outro mima a criança, ou até mesmo outro parente, é uma das piores coisas que pode ocorrer e contribui para a rebeldia do filho.

Mas o Meu Filho(a) Esta Grande, o Que Fazer?

Se os filhos não forem corrigidos quando crianças, quando adolescentes e jovens fica mais complicado.

Apesar da idade, ainda assim é possível corrigir e coloca-los na linha. Embora seja um pouco mais complicado por causa da idade do filho, mas dá para resolver e por tudo no lugar.

No caso dos filhos maiores simplesmente os pais terão que cortar tudo o que eles gostam. Deus fazia isso com o povo de Israel.

Negar comida é algo que deve estar fora de cogitação, mas os pais podem deixar de lavar as roupas deles por exemplo ( é apenas um exemplo, você deve fazer de acordo com o conhecimento que tem de seu filho ).

Antes de qualquer medida é preciso conversar, se houver resistência a medida comecem a agir.

O que eu pus acima são apenas alternativas, porém cada pai sabe como agir por conhecer melhor os seus filhos.

Então entenda que a medida que será tomada dever ser mais radical, como são maiores evite bater.

Portanto a ideia é seguinte. Se o filho quer ser independente e de maneira nenhuma quer obedecer, então ele pode lavar suas próprias roupas e por sua própria comida.

Pai e Mãe Devem Ser Aliados Para Te Sucesso Acerca de O Que Fazer Com Um Filho Rebelde

Os pais deverão conversar para tomarem as medidas certas e falarem a mesma língua. Os pais deverão apoiar-se mutuamente em  tudo o que for feito.

Se a mãe por exemplo proibir que a filha saia para a casa de uma amiga por exemplo, o pai deverá estar ciente e proibir também.

Os filhos deverão entender que ninguém estar a favor deles, nem pai, nem mãe, enquanto estiverem na rebeldia.

Uma vez que os pais se unirem para resolverem o problema juntos, o sucesso mais cedo ou mais tarde virá!

Inclusive posso dizer para você que essa é uma das formas mais poderosas se não a mais poderosa para ter sucesso nessa área.

O Que Fazer Com Um Filho Rebelde – Conclusão e Conselhos

  1. Diga não para o seu filho, sempre que você achar necessário.
  2. Corrija com autoridade, e ao mesmo tempo com amor, a criança pode perceber isso.
  3. Nunca ameace o seu filho dizendo que se ele fazer de novo, vai bater ou colocar de castigo, porém quando a criança erra não aplica o que foi dito, se ameaçar é melhor fazer o que disse.
  4. Ame o seu filho, pois quem ama corrige.
  5. Se estiverem grandes tome outras medidas para que eles vejam que vocês não estão de “brincadeira”
  6. Os pais devem ser fortes e unidos na correção, até conseguirem êxito na situação.

Aviso importante:

Nunca permitam que o governo interfira nessa questão, pois quem todo o trabalho de criar é vocês.

Tomem atitudes de acordo com a Palavra de Deus e não segundo o que a sociedade corrompida determina.

O Que Fazer Com Um Filho Rebelde

Tenho recebido muitos e-mails de pais que tem perguntado sobre o que fazer com um filho rebelde.

Portanto espero que esse artigo tenha ajudado. De fato muitos pais não sabem o que fazer com um filho rebelde em casa, ou o que fazer com um filho rebelde na escola.

Então podemos ver que este problema pode abranger diversas situações. Mas saiba que vocês papais e mamães consigam vencer esse desafio.

Eu também tenho filhos, sei que não é tão fácil, mas com a sabedoria de Deus e com as atitudes certas tudo será resolvido.

Além disso, ore pelos seus filhos, converse bastante com eles, saiam juntos, divirtam-se e sejam amigos.

Deixe o seu comentário e ajude outros pais que estão na mesma situação. E também considere compartilhar para alcançar mais pessoas.

Enfim oro e torço para que tudo dê certo. Que Deus abençoe você.

Leia também »
A mulher que não tem filhos

Compartilhar...

142 Comentários

  1. Avatar

    tenho dificuldade com meu filho mais velho porque ele nao tem respeito ao falar comigo.

    Responder
    1. Avatar

      Boa tarde ao amigo anônimo cujo filho mais velho não tem respeito ao falar.
      Neste caso tente chama-lo pra uma conversa particular, tenha paciência e tente descobrir o motivo de ele agir dessa forma, talvez ele esteja com algum problema.

      Responder
    2. Avatar

      Oi não sei o que fazer mas minha filha tem 8anos e me da muito trabalho na escola não quer fazer nada fica escrevendo nas pares da escola fala palavrãos pros professores tá pegando coisas escondidas das pessoas da última vez ela pegou dinheiro não sei o que fazer mas já bati já conversei já levei no Conselho tutelar mais não adiantou me ajuda por favor

      Responder
  2. Avatar

    tenho uma filha que so tem 11 anos,sempre ele tem uma atitudi de gente grande tem aresposta na ponta da lingua sempre que mando faz algo, e equando tem raiva vaz coisa que nei eu inmagino. com, si arruma pra ir ao colegio e nao vai fica na rua andado bricando a ter chega a hora de vie pra casa fala coisa com migo assim nao era pra mim ter mae era pra mim morre nao gosto de fica nessa familia as vez tenso que ela e especial estou decisperada mim der um conselho obrigado

    Responder
  3. Avatar

    Ola Maria Liroma, boa tarde e a paz de Cristo.
    Bom em primeiro lugar, procure não deixar a menina tomar o controle da situação.
    Geralmente quando uma menina dessa idade aje dessa forma é por que ela esta sendo influenciada por alguém, me refiro a um coliguinha na rua, que nao respeita seus pais em casa e ficam passando coisas ruins para a sua filha, até mesmo por que ela é muito jovem e geralmente nessa idade de 11 anos que é a fase da adolescência, os filhos costumam ficar um pouco rebeldes mesmo, já começam a achar que são maduros o suficiente e podem fazer o que querem, e voce no caso vai ter que mostrar que ela esta errada e que nao pode fazer o que quer.
    Agora gostaria de falar algo muito importante, procure avaliar como esta a sua comunhão com essa sua filha, veja como esta a afinidade entre vocês duas, procure conversar mais com ela, e na conversa procure captar alguma coisa, ela sem querer poderá falar algo que você precisa saber.
    Avalie como esta a questão do seu carinho para com essa sua filha, se você costuma abraça-la, beija-la.
    Procure olhar nos olhos dela e dizer que a ama, independene da resposta dela ou da reação.
    Procure brincar junto com ela, de preferência uma brincadeira que envolva a todos da casa.
    Com ela esta dando muito trabalho, tente voltar a sua atenção mais pra ela.
    Sempre haja com amor, por que o amor nunca falha.
    E muito importante, não deixe de orar poro essa sua filha, peça a Deus que lhe de sabedoria e paciência para lhe dar com ela.
    Um abraço Maria, que Deus abençoe, a paz de Cristo.

    Responder
  4. Avatar

    entao eu sofro muito com meu filho so que ele foi criado educado da melhor forma possivel porem assim mesmo ele e rebelde temperamental e ingrato so q ele ja tem 23 anos o q fazer neste caso ele ja e um homem

    Responder
    1. Avatar

      expulsa ele de casa… dai ele aprende com o mundo! se ferrando todo dia…

      Responder
  5. Avatar

    Boa tarde ao amigo anônimo que tem um filho de 23 anos, a paz de Cristo Jesus.
    Realmente como você disse ele já é um homem.
    Nesse caso, é preciso analizar o que este jovem tem feito da vida, não sei se ele trabalha, mas se não é bom começar a exigir isso dele, este rapaz precisa estar com a mente ocupada, precisa estar envolvido com alguma coisa que ocupe o tempo dele alguma atividade que faça ele focalizar um objetivo.
    Você falou sobre tres defeitos dele:
    Rebelde, temperamental e ingrato, procure vencer estas tres coisas com amor e muito diálogo, procure analizar o que esse seu filho sabe fazer e tente envolve-lo neste ponto.
    Mas vamos entrar em um ponto mais crítico, se ele é rebelde ele vai sofrer com as consequências da própria rebeldia dele, não tente exigir obediência de uma pessoa que é desobediênte, se ele não obedece você pode punilo, não batendo mas cortando algo que sabe que ele gosta.
    Quanto ao fato de ser ingrato, procure não dar as coisas pra ele, ja que ele não sabe agradecer, quando ele pedir alguma coisa não de, dessa forma ele não vai ter motivo para ser ingrato.
    Se ele é temperamental, procure analizar bem o que ele diz, pra quando dar uma resposta, ser o mais simples e objetivo possível, para ele não procurar assunto onde não tem.
    Por fim, o mais importante, continue orando pelo seu filho, peça a Deus para te dar sabedoria para lhe dar com a situação.
    Ame seu filho, corriga, e ensine, e mostre sempre com autoridade que não é ele que manda.
    Estarei orando por você pai, vamos nos unir em oração por esse filho, a vitória é certa em nome de Jesus.

    Responder
    1. Avatar

      Tenho um filho de 26 anos, ele morou com uma moça por 5 anos e há 1 ano terminaram e ele voltou pra cs. Porém não respeita o pai e nem a mim. Sempre que cobro algo dele me responde da seguinte forma : só estou aqui pq vcs pediram entre outras coisas q prefiro nem citar. Hj ao cobrar algo dele ele foi muito rude comigo então falei pra ele que filhos precisam criar asas e as dele já estavam bem crescidas ao ponto de não nos respeitar. Então eu disse a ele se vc não é feliz morando aqui vá procurar sua felicidade pois o q os olhos não vêem o coração não sente.

      Será que estou errada? Meu marido me disse qUE tem medo de nosso filho fazer besteira algo errado aí respondi o seguinte : se ele fizer vai fazer morando aqui debaixo de nossas barbas pois não dá mais a mínima pra nós, não sabemos nada da vida dele.

      Então pergunto: diante da palavra de Deus e seus ensinamentos eu fiz errado? Acham que devo procurar meu filho e pedir pra voltar?

      Hj fazem 9 duas que minha mãe foi morar no Céu e nem isso ele respestou. Será q estou errada ? Me ajude por favor a encontrar uma liz

      Responder
  6. Avatar

    Tenho um filho que mesmo sendo advertido com os colegas que começou a andar, fez tudo o que foi dito para ele evitar: continuou a andar com os viciados e se tornou um também, foi advertido para se cuidar para que não nos desse problema por causa das drogas e o mesmo simplesmente ignorou, foi preso uma vez ainda de menor, foi preso pela segunda vez pinchando e depois de 18 anos foi preso com cacaína e tentou subornar os policiais que lhe deram a batida e consequentemente ficou preso 6 meses saiu de hábeas corpus e logo começou novamente a nos ignorar e então o mandamos para a casa da avó e do avô, onde concluiu o 2ºgrau e e se encontra no curso superior de enfermagem, porém agora recaiu o avô morreu e a avó não o quer mais morando com ela devido os desrespeitos com ela ser frequêntes, voltou depois de 3 anos e já começou a ignorar-nos e quase lhe enfiei a porrada se ele repetisse o que me disse "vai se f…) então estou pensando em vender a nossa propriedade e dar já o que lhe é devido por herança e ele seguir a vida dele, não quero saber mais, porque não sou obrigado e ficar com um filho ingrato e ordinário como ele está sendo, lamento.

    Responder
  7. Avatar

    Boa noite amigo, cujo filho tem sido ingrato e rebelde.
    Analizando o que foi dito acima, vejo que você se encontra em uma situação complicada e está de mãos atadas.
    Os conselhos que dou são os seguintes.
    1 – Diga para o seu filho que o ama, e que não quer ver o mal dele de forma alguma.
    2- Diga para ele que você não é responsável pelas consequências que ele sofrer uma vez que ele não esta obedecendo o que você diz.
    3- Diga para ele que você quer ajuda-lo, mas se ele recusar a ajuda você não pode força-lo a aceitar.
    4 – Proponha pra ele, ir para uma casa de recuperação.
    5 – Mais uma vez deixe bem claro, que você o ama, é quer ver o bem dele, quer que ele tenha uma vida feliz e abençoada por Deus e que você está pronto pra ajuda-lo caso ele queira.
    6 – Se ele insistir em ir embora, deixe ele ir a vida vai ensinar muita coisa que ele não sabe ainda, e se for o caso, espere em Deus, pois aquilo que você pai não puder fazer Deus vai fazer por você.
    7 – Confie em Deus, peça com todo o coração que Deus venha entrar nessa luta, e não se preocupe com o que vai acontecer, pois Deus trabalha por aqueles que nEle esperam.
    Lembre-se de uma coisa, você tem autoridade sobre o seu filho, ele vai colher as consequências pela rebeldia e desrespeito, você só pode fazer o possível, o impossível Deus fará por você pai.
    Uma vez que você entregou esse filho nas mãos de DEUS, não fique assustado com o que Deus pode fazer com ele, e se Deus não resolver esse problema mais ninguém resolve entendeu? Então ore, confie e espere, ponha toda a sua confiança e esperança em Deus e o seu final será de vitória em nome de Jesus. Que Deus te abençoe.

    Responder
    1. Avatar

      Amados não fui eu que escrevi esta carta, mas eu e minha esposa nos encontramos numa situação muito parecida. Estou viajando a trabalho a umas 3 semanas e hoje ao ligar pra casa soube pela minha esposa que o nosso filho de 20 anos esta usando maconha. O aconselhamento me serviu muito bem e quero dizer que nós temos um Deus poderoso. Confia no Senhor teu Deus e tudo o mais Ele fará. Muito obrigado, e quero dizer pros pais que estão passando por essa situação que não desistam, se sustentem no Senhor. Estaremos orando pelos irmãos, orem por nós. E mais uma vez obrigado conselheiro cristão. À Paz do Senhor Jesus para todos.

      Responder
  8. Avatar

    Tenho uma filha com 19 anos que , quer fazer o que bem entende o quarto é uma bagunça total , quer dormir o dia todo levantar só pra comer e mexer na internete quando peço pra arrumar o quarto enrola e não arruma , não faz nenhuma ajuda doméstica , aí eu perco a paciência e começo a brigar e parto pra violência,as vezes quem acaba apanhando sou eu, ela não me ver como mãe me sinto mal, não sei o que fazer, me ajude por favor.

    Responder
    1. Avatar

      querida mamae eu gostaria muito de le ajudar mas nao posso pois o meu caso e pior q o seu minha filha so tem 13 anos e ja nao mi obedesse ,quer ir pra festas balada chegar em casa a hora q quer fuma e se mistura com pessoas erradas ,mi responde mi da o dedo nao ouce meus conselhos fas e rir quando falo serio com ela ,ja fujiu de casa ,e fui buscar nu meio de uma favela ,muitas veses mi doi pq perdo o controle e chego a espamcar com muita peia ,mas na verdade eu a amo e so queria q ela mudasse ,pq ate aqui so tem mi dado desgosto ,tenho chorado muito hoje nesse momento to em plantos ela saiu de casa e disse q ia morar com o namorado q conheçeu na escola ,mas o pior q ela ja tava com outra pessoa ,brinca com os sentimentos das pessoas e sai sorrindo como se nao significasse nada pra ela ,e uma pessoa totalmente descontrolada nao sei mas o q fazer ,muito dificil pra mi ver minha filha se destruindo e tudo q farço vejo resultado ….

      Responder
    2. Avatar

      se ela já tem 19 já é adulta então da um prazo pra ela fazer as malas e ir embora somente como um teste, ver como ela vai reagir a isso !

      Responder
    3. Avatar