A Vida do Novo Convertido

A Vida do Novo Convertido é um aprendizado constante. Não somente do novo irmão na fé, mas de todos os crentes em Jesus.

Mas aqui vamos falar especificamente para os nossos irmãos novos na fé em Cristo.

Primeiramente queremos parabenizar você por essa decisão de tamanha importância na sua vida.

Essa é uma decisão de vida ou morte, e optar por crer em Jesus como Salvador, reconhecendo que é incapaz de se salvar por si mesmo, isso de fato é muito importante.

Depois que uma pessoa entrega a vida a Jesus, dependendo de onde isso aconteceu, a mesma vai passar por alguns “processos”.

Todo o novo convertido uma vez que creu em Jesus de todo o coração pode se batizar, sem necessariamente passar por nenhum um tipo de “curso” para isso.

Na verdade na Bíblia não existe curso de batismo, mas se você ver isso por ai, certamente não passa de invenção humana.

Veja o exemplo do Eunuco:

E, indo eles caminhando, chegaram ao pé de alguma água, e falou o eunuco: Eis aqui água; que impede que eu seja batizado?
Continuou Filipe: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.
E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou.
Atos 8:36-38

Aqui também podemos ver que não precisou de nenhuma formalidade para batizar o Eunuco e nem precisou chamar nenhum pastor para fazer isso.

O Eunuco simplesmente creu e logo foi batizado.

A partir do momento que o novo irmão na fé creu em Jesus ele passou a fazer parte da Igreja de Cristo que é o seu corpo.

Hoje em muitas denominações por exemplo dão uma carteirinha de membro para o novo irmão após fazer um cadastro.

Mas não é a partir dali que esse irmão ou irmã passará a fazer parte do corpo de Cristo, pois o mesmo já é participante no momento que crê em Jesus.

O Novo Convertido e o Aprendizado na Palavra

Uma das coisas mais importantes na vida do novo convertido é o aprendizado acerca da Palavra de Deus. Além disso esse aprendizado deve ser constante e sem rodeios.

Certamente muitas coisas não será compreensível para quem esta começando, mas com o tempo o entendimento vai se abrindo.

A pessoa ou as pessoas que foram instrumentos para apresentar o evangelho a alguém poderá ser um grande auxílio para esse novo integrante da Igreja de Cristo.

Essa pessoa precisa entender que ela esta de fato fazendo parte de uma família, sendo que no caso a família de Deus.

Ela não vai encontrar uma família perfeita aos olhos humanos, ou segundo os critérios do que muitos tem como perfeição.

Mas de pessoas que estão unidas para se alimentar de Cristo através da própria Palavra.

Jesus é o pão da vida que nutre a vida de todo o Crente em Jesus. Esse pão é repartido todos os dias para o nosso crescimento espiritual.

Desde o início do aprendizado é importante que o novo convertido aprenda o que é contexto ao ler as Escrituras.

Na verdade todo livro deve ser lido dentro do seu contexto, e com a Bíblia não é diferente.

Se assim não for feito muita confusão será gerada, e esses novos irmãos ficarão perdidos e serão facilmente enganados.

Leia:
Dica Para o Novo Convertido Ler a Bíblia

Tudo Deve Começar Por Cristo

A vida do novo convertido deve começar por Cristo, ou seja, o conhecimento de Cristo deve ser apresentado como por exemplo sua vida e seus ensinamentos.

Nos livros de Mateus, Marcos, Lucas e João está contida a história da vida do Salvador e também seus ensinamentos.

É preciso sempre motivar, ensinar, exortar, mostrar para esses novos irmãos que Jesus é o centro.

Além disso é preciso exortar tais pessoas a olhar muito mais para Cristo do que para o homem, como está em Hebreus.

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,
Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.
Hebreus 12:1,2

Certamente que a igreja vai ensinar muitas coisas no decorrer do tempo, mas é preciso por Jesus sempre como o foco de tudo.

Jesus é o cabeça da igreja que é o seu corpo. Ele é a fonte de vida e o alimento para o seu próprio corpo.

Portanto Ele é centro e sempre deve ser o foco daqueles que proferem o nome de Cristo. Quando Jesus não é mais o centro daqueles que dizem crer as coisas começam a desandar.

As Palavra de nenhum líder ou pregador deve estar acima das Palavras de Cristo. Hoje são feitas muitas afirmações que não condizem com o que Cristo disse e mesmo assim são aceitas sem examinar.

Cristo é o Modelo de Vida Para os Novos Irmãos

Ainda que Jesus não esteja presente entre nós hoje, ao lermos as Escrituras podemos ver como Ele tratava as pessoas.

Jesus sempre fala a verdade para as pessoas e também se apresentava como sendo a própria Verdade.

Aqueles que tentavam pegar Jesus em algum erro sempre falhavam, pois ele não caia em contradição.

O objetivo de Jesus não era agradar a todos mas sim fazer a vontade de seu Pai. E se para isso fosse preciso repreender seus próprios familiares ele assim o fazia.

E foram ter com ele sua mãe e seus irmãos, mas não podiam aproximar-se dele, por causa da multidão.
Então disseram: Estão lá fora tua mãe e teus irmãos, que querem ver-te.
Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam.
Lucas 8:19-21

Veja que Jesus não estava desprezando sua mãe Maria e nem seus irmãos, mas declarou diante de todos uma verdade.

Jesus fazia a vontade do Pai e ensinava a todos a fazerem o mesmo sem distinção.

O Exemplo de Como Jesus Tratava as Pessoas

Jesus tratava as pessoas com amor, não importando status ou posição social. Você pode ver o exemplo de como ele tratou a mulher adultera em João 8, e como ele tratou Maria na casa de Simão em Lucas 7 a partir do verso 37.

Jesus falava tanto com ricos como também com pobres. Ele falava com homens de autoridade, mas também atendia os gritos de um mendigo na rua.

Ele amava as pessoas, mas também repreendia os que precisavam ser repreendidos severamente, e isso não era falta de amor. (Mateus 23)

Enquanto muitos pecadores como Maria eram desprezados e julgados, Jesus conhecia o coração de todos e liberava o perdão de Deus para tais pessoas.

Diferente de como as pessoas conheciam umas outras apenas em parte e no exterior, Jesus conhecia todas as pessoas por completo.

Ele sabia o que tinha no coração delas, sabia o que elas faziam em sua vida secreta e com sabedoria e amor se dirigia a todas elas.

Não existem exemplo melhor e mais perfeito de como os novos irmãos na fé devem tratar tanto seus irmãos na fé como também a todas as pessoas de um modo geral.

Em Mateus 5 por exemplo Jesus diz que mais do que felizes são os misericordiosos por que eles alcançarão misericórdia.

E o Mestre ainda diz que aquilo que nós queremos que os homens nos façam devemos fazer o mesmo. (Mateus 7:12).

Portanto sempre pense nas Palavras do Mestre como também em suas atitudes para com as pessoas.

Se devemos imitar alguém que esse seja o nosso Mestre, pois basta ao serve ser como o seu Senhor e o discípulo ser como o seu Mestre. (Mateus 10:25),

A Pratica Acima da Teoria

O novo convertido deve ser ensinado a viver uma vida acima da teoria. Pois as pessoas observam muito mais nossas atitudes do que nossas Palavras.

Muitos dizem de forma metafórica que o crente em Jesus é a Bíblia que o mundo lê.

O nosso Mestre repreendia muitas vezes os fariseus por que as atitudes deles não condiziam com suas palavras. (Mateus 23).

Dessa forma eles eram muitas vezes duramente repreendidos pelo Salvador, que não tinha como contestar as Palavras que saiam da boca do Messias.

Então aquele que é seguidor de Cristo, deve atentar por viver mais uma vida prática, focando em fazer o bem do que simplesmente viver de teorias.

Certamente que muitos desses irmãos no decorrer terão muito conhecimento bíblico, mas todos são exortados a viver e não só saber.

As cartas do apostolo Paulo e também as cartas do apostolo Pedro tem muitos ensinamentos acerca de como devemos nos comportar.

Inclusive muitas palavras que Pedro disse foi justamente para incentivar os novos irmãos na fé.

E por falar nisso vamos nos basear em algumas palavras de Pedro, para falarmos de vida prática. Vamos lá…

Ensinando a Viver em Santidade

Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver;
Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.
E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação,1 Pedro 1:15-17

Pedro ensina os irmãos a viver em santidade, o que não tem nada haver com moralismo religioso. Pedro ressalta que Deus é Santo, e que as pessoas que Ele chamou são exortadas a viver em santidade.

Viver em santidade é basicamente viver uma vida piedosa perante a sociedade, como já mencionamos linhas acima, procurar andar de acordo com os ensinamentos do Messias, seguindo os seus passos.

Por isso a santidade é um tema muito importante na caminhada cristã, pois somos moldados pelo Espírito Santo para sermos parecidos com Cristo em nossas atitudes e palavras.

Isso vai muito além da forma de se vestir, o que tem que ser feito com decência certamente, mas a santidade esta mais voltada para um coração e mente voltados para Deus.

Acima de tudo quem vive em amor para com Deus e o próximo acaba vivendo em santidade.

Para você ler mais especificamente sobre o assunto clique no link abaixo:
O que é viver em santidade?

Andando em Temor Durante a Peregrinação

E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação,
1 Pedro 1:17

Pedro nos compara a peregrinos aqui nessa terra, o que é bem verdade, pois estamos aqui apenas de passagem.

A nossa cidade na verdade não é aqui, mas esta nos céus, de onde esperamos o nosso Salvador. (Filipenses 3:20)

Então durante esse curto tempo que temos aqui neste mundo devemos andar com temor.

Temor nada tem haver com medo, mas com respeito e reverência ao nosso Criador que chamamos de Pai. Além disso como foi dito no versículo acima Ele julga e o faz de forma justa.

Mantenha Isso Fixado em Sua Mente

Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,
O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós;
E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus;
1 Pedro 1:18-21

Mantenha isso fixado em seu coração, pois foi derramado sangue inocente para resgatar você.

É por causa disso que cremos no Criador e mantemos a nossa fé e a nossa esperança viva.

Além disso devemos bendizer ao nosso Pai celestial, que através de seu Filho nos gerou de novo justamente para uma viva esperança. E essa esperança se deu pela ressurreição de seu Filho dentre os mortos.

Dessa forma você alcançou a sua herança incorruptível, que não pode murchar que é a sua salvação.

Sugiro que você leia toda a primeira carta de Pedro, assim também como a segunda carta, e que o seu coração se encha de alegria e esperança a cada dia.

Assim como na época de Pedro os irmãos precisavam ser encorajados, hoje também não é diferente, ainda que a perseguição seja em áreas diferentes.

A Vida do Novo Convertido no Trabalho

Quando se refere ao trabalho e novo irmão na fé deve ficar atento, pois nesse ambiente e em outros costumam ter muitas acusações.

Além disso quando os funcionários descobrem que agora você é um seguidor de Cristo, existem alguns quer vão querer te provocar de alguma forma.

O apostolo Paulo por exemplo ensina que é preciso servir ao patrão como se fosse a Cristo.

Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo;
Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus;
Servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens.
Sabendo que cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja servo, seja livre.
Efésios 6:5-8

Ainda que na época de Paulo estivesse talvez em outro contexto como senhores e escravos, o mesmo serve para os que trabalham para outras pessoas hoje.

Então dai você tira ótimos exemplos de como deve ser o seu proceder no seu local de trabalho.

  • Trabalhar como se fosse para Cristo
  • Não trabalhar e fazer o que deve ser feito só na vista do patrão
  • Trabalhar de boa vontade como se fosse para o Senhor
  • Ter a certeza em seu coração que receberá de Deus todo o bem que fizer

Portanto procure ser sempre prestativo no seu trabalho, dando o seu melhor. Muitos vão chamar você de puxa saco por querer fazer o certo, mas o seu compromisso é com a Palavra, tenha isso em mente.

A Vida do Novo Convertido no Tratar dos Funcionários

Existem muitos empresários que se entregam a Cristo, e muitos tem diversos funcionários.

Então para esses também tem ensinamentos precisos na Palavra de Deus acerca de como seus funcionários devem ser tratados.

E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.
Efésios 6:9

Os que são senhores ou patrões devem tratar com justiça seus funcionários, evitando ameaças de qualquer tipo.

Devem procurar serem justos o quanto puderem em relação ao pagamento de seus funcionários.

Além disso seja funcionário seja patrão, Deus não faz acepção de pessoas, portanto os patrões também devem tratar seus funcionários da melhor forma possível.

A Vida do Novo Convertido na Família

Muitas vezes apenas um dos membros da família se converte a Cristo e isso infelizmente trás alguns problemas.
Leia mais sobre:
O Novo Convertido e a Família

Mas por outro lado muitas vezes é motivo de alegria quando isso ocorre, pois muitos melhoram seu comportamento.

Mas em muitos casos o membro que se converteu é o tempo todo acusado pelos outros. Principalmente quando se tem rivalidades de discussões dentro de casa.

Qualquer erro que for cometido, você vai ouvir repetidamente: “Mas ué? Você não é crente?” Dentre outros termos como, vai lá “pastor”, “santo do pau oco”, etc, etc.

Então é preciso sempre procurar manter a calma e evitar discussões sempre que puder. Procure ficar sempre longe de confusão o quanto for possível.

Existem realmente muitas famílias que são bem complicadas, nenhuma é família é perfeita.

Mas realmente algumas são muito problemáticas, mas o quanto houver em você, procure viver em harmonia com os seus familiares.

Se você por exemplo bebia muito, certamente muitos vão até ficar chateados quando você parar de fazer tais coisas.

Mas procure dar sempre o melhor no tratamento com sua família. Além disso se você era um problema para todos, ai esta uma grande oportunidade para você fazer a diferença.

Se preciso for peça perdão se fez coisas que os feriu muito, mas se alguém não quiser perdoar você, fique em paz, pois nesse caso você já fez a sua parte.

Além disso você poderá influenciar muitos dos da sua família e parentela a se decidirem por Cristo também.

A Vida do Novo Convertido na Escola

Aqui poderíamos incluir faculdades, cursos, etc. A escola é um local onde também existem muitas acusações e até mesmo indagações no que se refere a fé.

Até mesmo por que muitos professores não creem em Jesus, o que é normal, mas muitos vão usar tal posição para combater a fé em Jesus.

Geralmente quando estamos no início da nossa jornada como seguidores de Cristo, temos pouquíssimo conhecimento e argumentos para discutir com alguém.

Portanto o novo convertido não deve se preocupar com isso, mas apenas ficar atento as investidas e estar sempre vigilante em oração.

Muitas pessoas não respeitam a fé alheia, e tais pessoas estão por toda parte, inclusive nas escolas.

Muitas provocações irão acontecer, mas mantenha sempre a calma, a serenidade. Além disso você irá perceber que muitos vão querer apenas discutir.

Então não fique muito preocupado em responder a todos, mas procure dar atenção para aqueles que realmente quer saber mais acerca da sua fé.

E se você não tiver muitas respostas, indique algum irmão experiente na igreja para lhe ajudar.

Além disso existem muitas pessoas bacanas na escola, que mesmo não crendo da mesma forma, respeitam os demais.

A Vida do Novo Convertido na Igreja

A igreja é o corpo de Cristo, e todos nós somos membros desse corpo, onde Cristo é o cabeça.

A vida do novo convertido deve ser de comunhão com seus irmãos, na verdade e no amor. Certamente que muitos problemas acontecem na igreja, afinal de contas a mesma é formada por pessoas.

Mas no final das contas o perdão e a reconciliação sempre deverá prevalecer entre os irmãos.

A vida do novo convertido principalmente no início deve ser cercada de cuidados pelos irmãos na igreja.

Os irmãos mais experientes sempre devem passar da melhor forma possível o conhecimento para esses novos irmãos na fé.

A verdade deve prevalecer na igreja, o amor entre os irmãos deve estar acima de tudo.

E por falar em amor você pode ler a primeira carta de 1 João, lá muito é falado sobre esse assunto.

Além disso complemente sua leitura com 1 Coríntios 13, e para entender o contexto leia o capítulo 12 ainda de 1 Coríntios.

Quando lemos as cartas de Paulo por exemplo, vemos muitas exortações para que os irmãos procurassem manter a comunhão.

A igreja de Cristo enfrenta muitos problemas assim como qualquer outra família. É preciso passar a realidade para o novo convertido para que ele não viva uma utopia.

Dessa forma ele vai entender que todos os seus irmãos estão aprendendo a cada dia e sendo moldados pela Palavra de Deus.

Exorte sempre os novos irmãos a atentarem muito mais para uma vida prática de amor.

A Vida do Novo Convertido – Conclusão

Se você é novo convertido pense nisso. Ame acima de tudo. Leia as Escrituras com constância. Faça o seu melhor como um novo cidadão dos céus.

Não viva se cobrando, ou se martirizando por cometer alguma falha, mas aprenda sempre. No início é o melhor que você pode fazer, aprender e aprender sempre.

Faça sempre das Escrituras Sagradas um filtro por onde deve passar as informações. Dessa forma você evolui cada vez mais.

Não viva atolado em reuniões na Igreja. Se você é casado(a), curta a sua família. Dê atenção aos seus filhos. Aproveite os momentos de lazer.

A vida do novo convertido

Divirta-se, mas não se apegue a muitas distrações, procure fazer as coisas com moderação.

Faça sempre da Palavra de Deus seu alimento diário. Leia e persista em ler.
Além disso, leia também outros livros para agregar seu conhecimento nas Escrituras.

Que Deus te abençoe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.