fbpx
Olá ! Seja bem vindo :) !!! Leia ou assisa a um vídeo! Se gostar compartilhe!!! Volte logo !!! ;)


Receba Brindes Aqui

Home » Jesus Cura o Leproso & A rejeição aos Leprosos de Hoje

Jesus Cura o Leproso & A rejeição aos Leprosos de Hoje

Jesus Cura o Leproso & A rejeição aos Leprosos de Hoje

 

E, descendo ele do monte, seguiu-o uma grande multidão.
E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo.
E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra.
Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.

Mateus 8:1-4

Um leproso chega até Jesus e lhe pede ajuda, e com muita humildade sem determinismo, e sem colocar a Jesus na parede como se faz nos dias de hoje, o homem pergunta ao Mestre da Vida se o mesmo segundo a sua vontade quer cura-lo.

Jesus disse:

Sim! Eu quero que você seja limpo.
E Jesus estendendo a mão fez o que ninguém teria coragem de fazer, que foi tocar naquele homem, que logo ficou curado de sua lepra.
O fato de dizer que ninguém teria coragem de tocar naquele homem, não é por que tais pessoas eram covardes, é por que a doença era contagiosa, doença tal que não tinha poder algum contra o corpo de Cristo.

A Rejeição aos Leprosos de Hoje

Hoje, se pararmos para analisar, quem são considerados os leprosos nos dia de hoje, em muitas igrejas?
Sem generalizar, porém vemos claramente que os leprosos de hoje são os pobres e necessitados.
Aqueles que deveriam ser alvo de ajuda, estão sendo alvo de rejeição.

Hoje erguem-se “igrejas” cada vez mais ricas, e se vê claramente que o pobre é rejeitado, ainda que tentem esconder isso, não conseguem, a prática não consegue esconder.

Somente os privilegiados ocupam determinados cargos como por exemplo no “templo sede da igreja” os menos favorecidos, tem oportunidade nas “pequenas congregações” e isso já mostra uma certa discriminação, não há como esconder isso.

Jesus porém aceitava a todos, e a todos dava atenção de igual modo, tratava uma prostitua com amor, assim como aceitava o convite de simão em posição privilegiada, conversava com Nicodemos que era rei, mas também dava atenção a um pobre mendigo que clamava pelo seu nome.

Jesus Cura o Leproso & A rejeição aos Leprosos de Hoje

Você já parou para pensar com cautela a respeito desse assunto? Deixe o seu comentário, e se de fato gostou do artigo considere compartilhar no WhatsApp e nas redes sociais!

Jesus Cura o Leproso & A rejeição aos Leprosos de Hoje – Acredito ser um assunto pertinente em nosso dias devido a fragilidade do evangelho de hoje.

Leia também:

Deus Merece Um Templo Luxuoso

Testemunho de Kaká o Jogador

Preciso ir a igreja para ser salvo?

O Novo Convertido e a Família

O Novo Convertido e escola dominical

Seja o Primeiro de Seus Amigos a Compartilhar :)
Share

Conselheiro Cristao

Paulo Cícero é casado e tem dois filhos. Membro do Corpo de Cristo que é a igreja do Senhor Jesus. Profissão: Vendedor, segurança, freelancer em divulgação e geração de conteúdo para sites e blogs. Contato: (21) 998200616 (Vivo e WhatsApp)

VOLTE LOGO !!!!

Pode Ser de Seu Interesse Também!

Ekklesia e Reforma Já || Ekkleisa e Reforma já Volume 2 || Ekkleisa e Reforma já Volume 1 e 2 || Katarine Green das Trevas a Luz || Crônicas de Trigôn ( Se você não tem a mente aberta, não adquira este livro ) || Manual Bíblico das Questões Difíceis da Bíblia || Método como Ler a Bíblia e Entendê-la Mais Facilmente

Leitura Sugerida - O Que Fazer Diane das Dificuldades Financeiras

Clique no Botão abaixo e inscreva-se em nosso canal!

Conselheiro Cristao

Conselheiro Cristao

Paulo Cícero é casado e tem dois filhos. Membro do Corpo de Cristo que é a igreja do Senhor Jesus. Profissão: Vendedor, segurança, freelancer em divulgação e geração de conteúdo para sites e blogs. Contato: (21) 998200616 (Vivo e WhatsApp)

Um comentário em “Jesus Cura o Leproso & A rejeição aos Leprosos de Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.