Jesus Lavava os Pés dos Discípulos

Jesus Lavava os Pés dos Discípulos – O que podemos aprender com isso?

Primeiramente leia a passagem abaixo onde é mencionado o ato de Jesus de lavar os pés dos discípulos.

Ora, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim.
E, acabada a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse,
Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus,
Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se.
Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.
Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim?
Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois.

Jesus Explica a Pedro


Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo.
Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça.
Disse-lhe Jesus: Aquele que está lavado não necessita de lavar senão os pés, pois no mais todo está limpo. Ora vós estais limpos, mas não todos.
Porque bem sabia ele quem o havia de trair; por isso disse: Nem todos estais limpos.
Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito?
Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou.
Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.
Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.
Na verdade, na verdade vos digo que não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou.
Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes.
João 13:1-17

Então falar sobre o assunto que não existe uma concordância geral dos cristãos acerca do mesmo.

Lavar os Pés de Forma Literal

Muitos cristãos acreditam baseados na passagem acima que os irmãos devem lavar os pés uns dos outros.

O argumento é baseado na fala de Jesus dizendo que deu o exemplo e os discípulos deveriam fazer o mesmo.

Certamente a resistência de Pedro de Jesus lavar seu pés se dava pelo fato de Jesus ser o seu Mestre e ele apenas um discípulo.

Portanto Pedro não se sentia digno disso. Mas quando Jesus explicou para Pedro ele pediu que fosse lavado as mãos e a cabeça também, srsrs (risos).
Veja o versículo 8 que deixamos em negrito acima.

Lavar os Pés – Uma Lição de Humildade

Como dito acima, muitos irmãos interpretam de forma literal que hoje devemos lavar os pés dos irmãos. Contudo muitos irmãos interpretam de outra forma.

Dizem que deve ser feito como Ele fez, e não o que Ele fez. O termo como tem haver com comparação e não fazer igual.

Então muitos irmãos entendem que nós devemos considerar nossos irmãos superiores a nós, o que Paulo também falou acerca disso.

Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.
Filipenses 2:3

Em Lucas algo é mencionado a respeito disso:

E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça.
Lucas 7:44

Fora essa passagem em Lucas não parece haver outra menção a respeito do assunto após João.

Acrescente-se que nem em Atos e nem nas cartas de Paulo se vê menção do ato.

Muitos vem portanto como um simbolismo, trazendo uma verdade de como os irmãos devem se comportar hoje em relação aos demais.

O Ato de Lavar os Pés no Antigo Testamento

É defendido por muitos que essa era uma prática oriental no que se refere a hospitalidade.

Um costume antigo, da época de Abraão por exemplo. Leia os textos em Gênesis falando do assunto.

Que se traga já um pouco de água, e lavai os vossos pés, e recostai-vos debaixo desta árvore;
Gênesis 18:4

E disse: Eis agora, meus senhores, entrai, peço-vos, em casa de vosso servo, passai nela a noite, lavai os vossos pés; de madrugada vos levantareis e ireis vosso caminho. E eles disseram: Não, antes na rua passaremos a noite.
Gênesis 19:2

Além disso o ato teve continuidade na nação de Israel, veja:

E levou-o à sua casa, e deu pasto aos jumentos; e, lavando-se os pés, comeram e beberam.
Juízes 19:21

Na época do oriente bíblico era comum se fazer isso devido a região deserta e clima muito seco. Além das pessoas usarem sandálias abertas caminhavam por estradas empoeiradas.

Portanto devido uma determinada jornada a pé se fazia necessário lavar os pés.

Quando uma pessoa não oferecia água para os pés de alguém, era falta de cortesia, falta de educação.

Como foi mencionado em Lucas , quando Jesus entrou na casa de Simão e o mesmo não deu água para os pés de Jesus.

De acordo com o costume, após uma jornada a própria pessoa lavava os pés ou um empregado fazia isso.

Jesus Lavava os Pés dos Discípulos – Conclusão

Painting of the Foot Washing   Santa Maria del Mar   Barcelona 2014 crop - Jesus Lavava os Pés dos Discípulos
Pintura da Lavagem dos Pés – Santa Maria del Mar – Barcelona 2014 (safra) .JPG

Então veja que o dono de uma casa por exemplo, ao convidar alguém para sua própria casa ou um evento, era comum escravos ou serviçais lavar os pés dos convidados.

Certamente o dono casa não se “rebaixaria” a tal ato. Entretanto no caso de Jesus foi diferente.

Na ceia ele era o Senhor, o maior dentre eles, mas ao invés de Cristo deixar os discípulos lavarem seus pés, Ele mesmo praticou tal atitude.

Perceba que os discípulos tomaram um choque, pois isso não era comum.

Jesus sendo de maior honra, se ajoelhou para lavar os pés dos seus discípulos, passando para os mesmos uma lição de extrema importância.

Por fim, Jesus certa vez disse que quem dentre eles queria ser o maior deveria se fazer servo de todos.

Essa passagem em Filipenses deixa claro exatamente a atitude de Jesus em ralação aos discípulos e o modelo que a igreja deveria seguir em Cristo:

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus,
que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se;
mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.
E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz!
Filipenses 2:5-8

O que você acha desse assunto, devemos lavar literalmente os pés dos nossos irmãos? Ou apenas devemos servi-los em amor.

Deixe a sua opinião nos comentários.

Inscreva-se em nosso Instagram:
Conselheiro Cristão

Compartilhar...

3 Comentários


  1. Avatar

    Creio que o que Jesus fez nessa passagem foi mostrar tamanha humildade por parte dele, como você diz ali eles que deveriam lavar os pés de Cristo, mas se havia alguém ali se achando ser superior ou melhor que alguém devido a colocação status fama, ali mesmo Cristo jogou isso por terra, e mostrou que independente de tudo todos eram iguais.

    Responder
    1. Conselheiro Cristao

      Isso mesmo Mauro. Imagina a cara dos discípulos ao ver o Mestre deles se encurvando e lavando os pés deles. É de fato uma lição maravilhosa para todos nós!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.