Cristãos Pentecostais Preconceituosos

Tempo de leitura: 3 minutos

O pentecostalismo é um movimento de renovação de dentro do cristianismo que coloca ênfase especial em uma experiência direta e pessoal com Deus através do Batismo no Espírito Santo. O termo Pentecostal é derivado de Pentecostes, um termo grego que descreve a festa judaica das semanas.
Fonte: Wikipédia


Acima esta uma breve definição do que é o movimente pentecostal, dentre outras definições que existem, porém o foco aqui não é discutir sobre pontos de vista acerca do assunto. E sim falar sobre o preconceito que muitos pentecostais tem.

Quero deixar claro que o objetivo aqui não é contender, e sim discorrer acerca do assunto em questão. Bom seria que não houvesse, mas infelizmente o preconceito existe.

O pentecostes tem haver com costumes humanos ou tem haver com aquilo que é espiritual? Pra ser pentecostal eu tenho que seguir alguma “regra”? Tenho que andar de um “jeito”? Falar de um “jeito”? Tem um “jeito” de se comportar?

O problema que encontramos é que se tem trocado a doutrina por costumes de uma igreja, e isso tem causado preconceito entre o próprio povo de Deus!

Publicidade

Não se pode pintar a unha, não pode usar maquiagem, não pode usar cavanhaque, não pode usar bigode, não pode jogar bola, não pode soltar pipa, tem que usar saia até o pé, não pode ir para a praia, não pode usar bermuda, não pode usar blusa de alça, não pode, não pode, não pode!

Muitos desses “não pode” nada mais é do que costumes que algumas igrejas possuem. Entretanto sem base bíblica, e querem fazer com que seus membros acatem cada um deles.

Contudo se uma pessoa congrega em um grupo que tem tais costumes, ela não pode reclamar se quer permanecer la.

Afinal de contas, o líderes naquele grupo de irmãos ensina dessa forma, se uma igreja ensina que eu não posso tomar coca-cola, cabe a cada um acatar ou não, tendo sempre por base o que ensina as Escrituras.

Agora o preconceito vem quando os membros dessas igrejas, acham que todas as igrejas que não usam de tais costumes estão erradas.

Então ai começa o problema, pois muitos olham para os seus próprios irmãos de outra denominação com um olhar “diferente” um olhar de julgamento. Então para alguns se uma irmã em Cristo usa uma saia até o joelho, essa irmã não é espiritual, não é pentecostal.

Se um irmão usa cavanhaque, o irmão ta na carne, se uma família vai a praia, estão todos em pecado.

Se um pastor jogar bola, ele é menino, enfim, é dai que nasce o preconceito entre o próprio povo de Deus.

Sendo que a diferença não está em seguir o costume e sim a doutrina, pois para Deus o costume que geralmente não edifica, apenas causa divisão, não vale de nada, pois o amor deixa de ser praticado por causa do costume.

Será que um pastor que joga bola por exemplo, não pode ter ou não tem comunhão com Deus? E se o pastor que joga futebol trata bem a sua esposa, e outro pastor que não joga futebol que é considerado o “espiritual” trata a sua esposa de forma horrível? Quem dos dois estará agradando a Deus?

E se a irmã que usa a sua blusa de alça, for uma mulher sábia, que não vive falando da vida alheia, e a irmã que usa o saião ate o pé for fofoqueira ao ponto de causar contenda entre os irmãos, quem esta agradando a Deus delas duas?

Tudo tem que ser feito para a glória de Deus, os costumes dos homens não glorificam a Deus, pelo contrário causa divisão e preconceito entre os próprios irmãos!

Isso não é ser pentecostal, ser pentecostal, é ser cheio do Espírito Santo, viver uma vida de santidade, e uma vida de santidade não é garantida pela falta do bigode, ou pelo tamanho da saia, e sim pela comunhão com Deus e o amor ao próximo

Compartilhar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.