Contribua com nosso projeto.
PIX:
contato@conselheirocristao.com.br
Paulo Cicero Marculino

Contribua com nosso projeto

Casamento Conselheiro Cristao

Eu não devo satisfação da minha vida para ele (a)

Não esqueça de manter o seu corpo hidratado, beba água!

Eu não devo satisfação da minha vida para ele – Será que dever ser assim no casamento?

Muitas pessoas se casam, e acham que as coisas poderão ser feitas de qualquer maneira.

Faça exercícios

Muitas pessoas se casam para fugir da casa dos pais, pois dizem que os pais são chatos e querem logo se livrar disso.

Contudo mal sabem que ao casar-se a coisa vai ficar ainda mais séria, não estou dizendo isto para assustar você que quer se casar.

Quero salientar que quando você esta com os seus pais você tem responsabilidades, e ao se casar as responsabilidades não irão diminuir.

Mantenha ou desenvolva o hábito da leitura

Leia também: perfil de um(a) jovem perante os pais para iniciar um namoro

E umas das coisas que temos visto hoje em dia é que tem muito machão por ai que acha que não deve dar satisfação a mulher.

E tem muita mulher por ai, que não aprendeu que deve dar satisfação ao marido.

Bem se você meu caro, não gosta de dar satisfação a sua esposa do que você esta fazendo, e você minha filha acha que não deve satisfação ao seu marido de onde esta indo e do que esta fazendo, então por que você se casou?

Meu amigo e minha amiga, isto não é casamento, pois vivendo dessa forma, o relacionamento de vocês vai se tornar um inferno.

Talvez este artigo esteja sendo um alerta para você que quer se casar.

Saiba que hoje você deve satisfação a seus pais, ao se casar você deverá satisfação ao seu cônjuge.

Eu não devo satisfação da minha vida? – É preciso amadurecer

Caso você pense ao contrário disso, digo para você sem medo de errar, não se case.

Alguns casamentos entram em fracasso justamente por conta disso, pois um acha que não deve satisfação ao outro.

Entretanto isto é até mesmo uma desconsideração de um para com o outro, pois casais que se amam e se respeitam, não terão problema com isso.

Muito pelo contrário, terão maturidade o suficiente para entenderem esta questão.

E se você é casado(a) e na sua mente você pensa que a banda toca dessa forma, que você pode sair a hora que quer e chegar em casa a hora que quer…
Simplesmente pode sair sem dizer para onde vai, e ao chegar ainda ficar chateado se o seu cônjuge perguntou onde você estava…

Digo que você precisa amadurecer e aprender que isto faz parte de um casamento harmonioso.

Portanto quando uma pessoa diz:
“Eu não devo satisfação da minha vida para ele”, o que falta para essa pessoa a não ser amadurecimento?

Um Relacionamento Saudável Envolve Esse Comprometimento

No contexto de um relacionamento conjugal saudável, é essencial que os cônjuges estejam dispostos a prestar contas um ao outro, ou seja, dar uma satisfação. Isso envolve compartilhar informações sobre as atividades diárias, decisões importantes e até mesmo os sentimentos mais profundos.

Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, dar satisfação não é uma invasão de privacidade ou uma forma de controle, mas sim um sinal de amor, confiança e compromisso mútuo.

Quando um casal se compromete em contar as coisas um para o outro, eles estão demonstrando respeito e consideração pelo outro.

Ao comunicar suas ações, planos e decisões, eles estão construindo um ambiente de transparência e honestidade, onde a confiança é fortalecida e as bases do relacionamento se solidificam.

Portanto, a falta de dar uma satisfação em certas situações no casamento pode levar a mal-entendidos, insegurança e até mesmo ressentimentos.

Assim sendo, quando um dos cônjuges age de forma independente, tomando decisões unilateralmente e omitindo informações, isso pode gerar desconfiança e afetar negativamente a conexão emocional entre o casal.

Por outro lado, quando os cônjuges se sentem à vontade para compartilhar suas vidas e estar abertos ao diálogo, isso fortalece a união e promove uma sensação de parceria e comprometimento. Ao prestarem contas um ao outro, eles estão construindo alicerces sólidos para enfrentar os desafios e desfrutar das alegrias da vida em conjunto.

Não é Imposição e Sim uma Escolha Para o Bem do Relacionamento

É importante ressaltar que a prestação de contas não deve ser encarada como uma imposição ou uma restrição à liberdade individual. Pelo contrário, trata-se de uma escolha consciente de cultivar uma relação saudável, onde ambos os cônjuges se sentem valorizados, incluídos e amados. É uma oportunidade de crescer juntos, compartilhar responsabilidades e enfrentar os altos e baixos da vida como uma equipe.

No entanto, é fundamental estabelecer limites saudáveis nesse assunto. Cada casal pode determinar suas próprias diretrizes, respeitando a individualidade e a privacidade de cada um, sem comprometer a confiança e a transparência que são essenciais para um casamento feliz.

Dessa forma, dar satisfação no casamento é um elemento vital para a construção de um relacionamento sólido e duradouro. Ao compartilharem suas vidas, experiências e decisões, os cônjuges fortalecem os laços afetivos, promovem a confiança e constroem um futuro juntos.

É um convite para amadurecer e aprender a valorizar a importância de se comprometer com a harmonia e o crescimento mútuo dentro do casamento.

Vamos falar mais a respeito disso? Deixe seu comentário abaixo e participe!

Siga nosso perfil @conselheirocristao.com.br no Instagram.

Parabéns por ler todo o conteúdo!
Nos envie uma mensagem, ou deixe o seu pedido de oração

    Compartilhar

    Sobre o autor | Website

    Mensagens estudos e reflexões no site Conselheiro Cristão. Neste site tem artigos de diversos grupos de irmãos. A intenção é trazer informação, a decisão de concordar ou discordar sempre será sua. Que Deus te abençoe.

    Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    7 Comentários

    1. Anônimo disse:

      Boa noite! Acabei de ler o post, meio antigo, mas me identifiquei. Escutei recentemente a minha esposa conversando com sua mãe e, em um trecho da conversa, ela falou "…eu não devo satisfação nem ao meu marido, que me sustenta, quanto mas…". Eu fiquei perplexo. Sou casado a 23 anos e não sei o que fazer depois que escutei isso tenho mudado a minha forma de pensar, pois eu achava que devia satisfação a ela. Não sei o que fazer.

      • Anônimo disse:

        Meu amigo, não lute diante da situação, seja apenas mais educado e cardeal com a sua esposa, porque nada melhor que uma boa conversa sempre que criados momentos agradáveis entre os dois. São 23 anos de casamento (uma vida), mas aprendemos a reacender as nossas paixões e atracções para a mulher que realmente amamos, portanto desenvolva o hábito de dar satisfações e a criar outra dinâmica ao vosso casamento com a participação da esposa. Boa sorte.

      • Anônimo disse:

        Obrigado pela resposta. Ser mais cardeal?! Não sei. A união entre duas pessoas em um casamento não depende também da cumplicidade e da clareza em relação a vida de ambos? Ainda estou triste com esta situação.

      • Você tem toda razão em estar chateado e tem toda razão em dizer que a união depende da cumplicidade. Não tente reprimir sua tristeza, mas estude-a e aprenda com ela.
        Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Por que ouvir sua esposa dizendo que não te deve satisfações te deixou tão triste?
        Que mudança você gostaria que acontecesse pra esse sentimento desaparecer?
        Como fazer pra que essas mudanças aconteçam?
        Depois que tudo estiver claro na sua cabeça você vai discutir esse assunto com sua esposa, não julgando ou brigando, mas explicando como se sente em relação à situação. Ouça o ponto de vista dela e tentem chegar a um acordo que satisfaça aos dois.
        Talvez ela nem refletiu direito sobre o que falou e o peso da fala dela.

        • moises silva disse:

          Esse é o problema desse maldito século XXI: “HOMENS NUTELLA” E “MULHERES SHERRA”… e, COMO SEMPRE, são os homens QUE DEVEM se sujeitar a QUALQUER CONDIÇÃO que a mulher impor! Mas, o que é impressionante e absurda, é que é essa é a mentalidade desses homens nutella tentam disseminar. Aí vem a grande pergunta: e se fosse o homem que tivesse dito… “NÃO DEVE SATISFAÇÃO PARA MINHA MULHER…”??? Será que o conselho seria do mesmo porte oferecido por conselheiros NUTELLA também!? Eis aí a grande questão!

          • Fala Moisés! Beleza? Você reparou o “a” entre parênteses?
            E quando no artigo falamos cônjuge, significa que serve para os dois tudo bem?
            Grato pela sua participação. Deus te abençoe!

      • Espero ter ajudado. 😀

    Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
    entre em contato com o suporte.



    plugins premium WordPress