Deus se importa comigo?

Compartilhe isso com seus amigos

Deus se importa comigo? | Conselheiro Cristão

Existe um atributo de Deus que não é muito falado, na soma dos Atributos a gente tende a exaltar os atributos mais suntuosos de Deus, como a Glória, a Majestade, a Santidade, mas existe um Atributo muito interessante.

É a Fidelidade de Deus. Deus é Fiel! Eu posso garantir para você de forma inequívoca: o Senhor é Fiel à aliança que ele fez com você.

O Senhor sabe o que você está passando nesse instante, sabe até onde você pode suportar, sabe todas as crises do seu coração.

Não pense você que essa circunstanciazinha, que ela é muito pessoal para você e é o seu mundo, o seu universo e você até a julga tola, estúpida e nem digna de ser apresentada a Deus… Não pense você que isso não é relevante para ele. Isso é muito relevante.

Quando um homem, no Antigo Testamento, perdeu um machado, o machado caiu no mar, o Senhor foi lá através de Eliseu e fez o machado flutuar, porque o Senhor se importa com coisas pequenas, com o nosso bem estar e até essas coisas bem íntimas, bem pequenas que você às vezes nem julga dignas de apresentar a Deus, Ele se importa.

Ele vê. Ele tem interesse em solucioná-la, tem interesse em ajudar você. Não esconda essas coisas de Deus, seja sincero. Muitas pessoas vinham até Jesus com as coisas, muitas vezes com assuntos tão… às vezes tão triviais, tão simples e a todos Ele atendeu.

Homens iam rogar pelos filhos, outros só queriam subir em uma árvore para vê-lo, outros queriam tocar nele, outros queriam fazer perguntas meio esquisitas, mas a nenhum deles Ele rejeitou. “Bom Mestre, o que faço para herdar a vida eterna?” “Por que me chamas ‘bom’? Só um é bom que é Deus.
Zaqueu!!!!, Desce daí. Convém pousar na tua casa.

Não é bom tirar dos filhos e dar aos cães, mas até os cães comem o que cai da migalha.” Todos Ele abraçou!
E você? Eu quero que você confie na Fidelidade de Deus.

Deus se importa comigo? | Sim ele se importa!

O que você está passando? Qual o seu estado quando você entrou aqui? O que tem sido a causa das suas lágrimas? Ou você não chora? Ou você é frio o bastante para não se contristar?

Qual é a razão das suas lágrimas? O que tem tirado seu sono, tem te deixado depressivo, tem te levado aos remédios, ao stress, à insônia? O que tem causado pânico em você? Pavor? O que tem afligido você? Tem pessoas na sua cola?

Tem gente hostilizando você? Perseguindo você? Levantando falso testemunho? Caluniando? Acusando? Fizeram motim? Estão puxando o teu tapete? São homens? São pessoas? São familiares?

Gente de dentro da própria casa? Qual é o seu problema? São enfermidades? Uma após outra? Outra e outra? O que é? O que está angustiando a sua alma?

São filhos que você fica se esquivando para não pensar, porque dói demais ver o estado deles? É um filho? É uma filha? São doenças? Drogas? Gravidez? Desvio?

Deus se importa comigo? | Sim, mais do que você imagina

O que é que aflige a sua alma? São as dívidas? Dívidas e dívidas? Você não sabe como pagar? Está tudo penhorado? Perdeu tudo? Vive uma vida indigna e não tem a menor ideia de como sair disso?

O que você está passando? É o esfriamento? São pecados que você tem cometido? Caiu em grave transgressão? Quais são os problemas? Dúvidas? Será que eu tomei a decisão certa? Será que eu vim parar no lugar certo?

Será que eu devia ter feito aquilo? Falado aquilo? Assinado aquilo? Pensado aquilo? O que é, meu irmão? Quais são os problemas que te assolam? O que perturba você? Medos? Temores? Pavor? Pânico? Medo de perder algo?

Perder alguém? Medo da morte? Medo de ter, por causa da sua atitude, posto tudo por água abaixo? Ter estragado tudo? Feito tudo errado? O que está afligindo você? Ah, eu sei.

É o passado. Você perdeu tempo demais. Podia ter feito tanto, construído tanto, estudado, poderia ter se formado, economizado, usado melhor o dinheiro, feito decisões e escolhas melhores, buscado mais a Deus, recrutado para o Ministério e passou tanto tempo… Só caos, tragédia, devastação e isso que está te perturbando? O tempo perdido?

O que é que está assolando você? São pensamentos bobos? São conflitos internos? São lealdades competindo? Eu não sei o que é com precisão, mas eu posso te afirmar: Deus está vendo tudo, acompanhando tudo desde o dia em que o óvulo se uniu ao espermatozoide e houve a fecundação, no ato da gestação, o Senhor acompanha você.
Todo o seu DNA, toda a sua história, todos os seus primeiros passos.

Ele está com você. Ele sabe de tudo, absolutamente tudo. Não tem um zero na sua conta que está alheio aos olhos de Deus. Não tem um fator, querido, por menor que seja.

Você que tem dificuldade de se cobrir nesse frio, falta de agasalho ou até de cobertor, isso tem sido, para você, um constrangimento. Você acha que Deus não vê isso? Você acha que o coração dele não pesa por uma coisinha tão boba dessa, mas que tem constrangido você? Sim.

Ou você que se sente sozinha, não acha uma pessoa para estar ao seu lado. Às vezes pensa que não é tão bonita, tão inteligente ou qualquer outra coisa, principalmente mulher, esquecida, isolada, abandonada, mal amada.
Será que Deus se importa com isso? Ele se importa. O coração dele pesa e eu vou em dois Atributos:

Primeiro, porque que Ele se importa? Porque um dos seus maiores Atributos é o Amor. A Bíblia não diz que Deus tem Amor. A Bíblia diz que o próprio Deus é Amor.

A substância, a consistência do Ser de Deus, é formada em Amor. Por causa do Amor, Ele se compadece de você! E, às vezes, quando estou aqui, meus olhos começam a lacrimejar, eu começo a me compadecer, é como se Deus colocasse o Amor que Ele tem por vocês dentro de mim e eu pudesse sentir exatamente o que Ele está sentindo agora por vocês. Ele ama vocês. Ele se preocupa com a sua dispensa.

Ele sabe a hora em que o feijão vai acabar. Ele sabe o que a mãe sofre ao abrir a porta do quarto e não vê o filho lá.
Ele sabe que a mãe está aqui vendo esses meninos jovens bem vestidos e como que ela queria que um filho dela estivesse aqui também. Ele sabe disso. Ele sabe que você perdeu o fio da meada, não tem mais controle.

Ele sabe e você se culpa por isso e diz: “O problema é culpa minha, eu sou uma incompetente, uma mãe incompetente, um pai incompetente, eu perdi as rédeas dos negócios, dos filhos, do casamento e gerou tudo isso.

Eu me sinto culpada, eu me sinto aquela mulher pega em adultério, toda esfarrapada, exposta, rasgada, seminua.
Que direitos uma mulher dessa tem? Que dignidade uma mulher dessa tem para reivindicar qualquer coisa?

Resta receber as pedradas. Talvez você se sente assim. Culpa, culpa, culpa, culpa. Um pai culpado, uma mãe culpada, um filho culpado, uma esposa, um marido culpado e você não se acha digno de ir até Deus, mas eu quero dizer que o Amor cobre a multidão de pecados. O Amor de Deus transcende a nossa condição, ele é incondicional, moça.

Veja esses rostos aqui me olhando cada um tem uma identidade distinta, um universo distinto, um caminho distinto, mas o Senhor conhece você e o Senhor está interessado na sua dor, no seu problema, na sua angústia e ele só quer, um pouquinho, que você se desarme, que você borre, um pouquinho, a maquiagem, que você se entregue, se debruce, não esconda nada dele.

Não faça como Fariseu: “Isso que o pastor está falando não é para mim, afinal de contas eu tenho um porte, isso aqui, aquilo outro.” Não! Bata no peito dizendo: “Tem compaixão de mim, porque eu sou um pecador.

Talvez nós estamos na mesma condição daqueles quatro leprosos da época de Eliseu, que saiu do arraial dos Sírios: “Não temos nada a perder. Se ficarmos aqui, morreremos de fome.

Se eles nos matar, nos matem.” O Amor de Deus faz com que ele use de misericórdia com você. Ele tem compaixão de você. Eu quero pedir para você pegar agora essa capa, esse fardo, que chama culpa, e tire daí. Não é para ele estar aí agora.

Não tem nenhuma culpa sobre você. O Senhor não está aqui para apontar o dedo sobre você e desenrolar uma lista de pecados e de incompetências suas. Sim, você está esfarrapada, foi pega no ato. Sim, é culpa sua muita coisa. Você merece as pedradas, mas veja a doce e a gentil mão dizendo: “Mulher, ninguém te condenou.

Ninguém! Eu também não te condeno. Eu também não vou fazer mais pesado o seu fardo. Você já está exposta, cheia de culpa, toda atrapalhada, cheia de problemas. Que espécie de Deus eu seria se eu viesse para piorar ainda as coisas? Para te lançar mais maldições? Não!” E ele, em um ato misericordioso, estendeu a mão: “Eu também não te condeno.

Vá e não peques mais.” É assim que o senhor olha para você. Esse “vá e não peques mais” é uma segunda chance que Ele está te dando, uma segunda chance de recomeçar, de fazer melhor, de fazer diferente por causa do Amor dele.

Quais são os seus problemas? Grandes? Pequenos? Simples? Complexos? O Senhor não passa a largo por nenhum deles. Seja um homem simples agora, despoje de tudo, dos seus títulos, da sua idade, você não é nada. Você é só Ismael sem água, no deserto, chorando, um menino que Hágar deixou para não ver a morte
.
Quais são? Abra o seu coração. Tem um Deus aqui que eu não saberia definir em palavras a Sua Bondade. Eu não saberia mensurar o Seu Amor. E não é o povo da frente, não, é você aí, filho.

Sabe você aí que ninguém sabe, ninguém conhece? É você. Sabe aquela situação que você passou hoje? Aquele contratempo essa semana? Aquele bate-boca? Aquele aperto?

Aquele telefonema do gerente? Aquela mensagem? Aquela situação? O Senhor viu. O Senhor está completamente a par de todo o ápice da situação. Ele conhece cada desdobramento dela. Ele se preocupa, porque Ele é Amor.

Agora, junto com o Amor tem a Fidelidade. O que é a Fidelidade?
Deus é Fiel ao pacto que Ele fez. Deus é Fiel à Aliança que Ele fez.

Dentro do pacto da Aliança Ele fez promessas e a Fidelidade de Deus faz com que Deus cumpra as promessas. Olha só uma delas: Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

Agora escuta! Aquele que nem mesmo o próprio filho poupou ou antes entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com Ele todas as coisas? Paulo estava confortando os romanos assim, ó: “Deus já não fez o mais difícil?

Enviar o filho, sacrificar o filho, matar o filho? Sim, ele fez.” Como é, então, que ele não fará o mais fácil? Prover a você recursos, reconciliar o teu casamento, curar tuas feridas? Como não nos dará com Ele juntamente todas as coisas?
A Fidelidade de Deus faz com que Deus não se esqueça daquela oração.

Lembra daquela oração? Lembra daquela oração que você fez um dia? Quebrantar aos prantos no quarto, no banheiro, em um culto. Você fez uma promessa para ele, você pediu.

Ninguém foi mais sincero que você naquela noite, naquele dia. Você sabe que foi sincero, você sabe que orou de todo o seu coração, lembra? Lembro, pois a Fidelidade de Deus faz com que ele não se esqueça disso. Ele está dizendo assim: “Sim, eu me lembro. Eu sei que dia foi.

Sim, eu sei quantas lágrimas você derramou. Eu sei o que você me pediu. Eu não me esqueci, eu não estou alheio a isso.” A Fidelidade de Deus! “Eu velo por minha palavra. Eu velo em cumprir a minha palavra.”, diz o Senhor.


Ele é Fiel, meu irmão. Você chegou aqui carregado de situações e no Antigo Testamento a maneira de apresentar isso era as pessoas depositando no altar sacrifícios, oferendas, incensos, as orações… e hoje você vai depositar no altar de Deus, na presença de Deus, as suas razões para que ele possa justificar.

Eu creio em milagres, igreja. Eu não creio em charlatanismo, coisa falsa, espúria, mas o Deus a quem eu creio, a quem eu sirvo, é um Deus que detém um poder, que os céus dos céus onde ele habita não podem conter.

Não podem conter! Moisés, certa feita, foi irritá-lo e ele respondeu a Moisés: “Moisés, você verá, então, se a minha palavra se cumpre ou não. Você vai fechar os olhos agora e vai apresentar isso diante de Deus, no altar de Deus. Tudo, absolutamente tudo! Tudo, tudo, tudo! Em lágrimas, em prantos, seja como for.

Sentado, de joelhos, e você vai confiar primeiro no Amor. Você vai olhar para o Amor e não vai pensar que isso é tolo.

Não, não, não! Isso não é tolo, pode pôr diante de Deus tudo, qualquer problema, todos os problemas, todas as circunstâncias. Segundo, você vai confiar na Fidelidade de Deus. Você vai dizer: “Deus, tu fez um pacto comigo. Eu tenho uma aliança contigo, Senhor.” Você vai dizer isso. “E a palavra diz que o Senhor é Fiel.

Fiel à tua palavra, às tuas promessas. Oh, Deus!” Irmão, vá a Deus com essa confiança, com esse quebrantamento, com essas lágrimas. Exponha a tua vida. Diga: “Deus clamou esse pobre e necessitado, e o Senhor o ouviu e o livrou de todos os seus temores.

Apresenta! Fala para Deus: “pobre, fraco, cego, nu eu sou.” Desaba, meu irmão. Desaba! Mostra a Deus quem você é, como você está. Desaba, se joga. Fala: “Socorre-me, Senhor!

Ajuda-me na minha aflição, Senhor! Olha para mim! Tem compaixão de mim, Senhor! Veja o meu estado. Olha para a minha família, Senhor! Senhor, olhe para os meus filhos!”

Oh, meu irmão, apresenta a Deus. Hoje é uma noite de refrigério, é uma noite de reconciliação, de perdão, de salvação. É uma noite de cura, de milagres. Onde está a sua fé, meu irmão? Clama ao Senhor!

Clama de todo o coração! Fala: “Senhor, eu não tenho mais nada! Foi-se todas as minhas forças, toda a minha esperança! Acabou! É o fim! É só em Ti que eu espero! Só em Ti, Senhor!

Não tenho outro. Não há ninguém que possa me ajudar.Não tem quem possa vir ao meu socorro. Eu estou só, desamparado.

Não tenho recursos. Deus, não me desampara! Deus, me socorre! Deus, estenda a mão para mim, pois eu sei que o Senhor se importa comigo.

Eu sei que és amoroso. O Senhor se importa com os meus problemas, com os meus pecados, com os meus pais, com os meus negócios, com o meu corpo, com a minha saúde, com o meu ministério, com o meu chamado.

Oh, Deus! Eu sei! Eu sei! E eu confio em Tua Fidelidade. Eu confio em Tua Fidelidade!” Recite as promessas de Deus.Fale da Aliança, a Aliança que Ele tem com você.

Ore a Deus e diga: “Renova-me essa noite, Senhor! Eu preciso de renovo, visitação. Eu preciso de choro. Eu preciso de reconciliação, arrependimento.

Eu preciso de cura na alma, Senhor! Uma visitação poderosa, vivificante, restauradora. Oh, Espírito, concede essas almas, concede ao teu povo.

Podem esses ossos reviverem?” Oh, Espírito de Deus, vem sobre eles.
Vem sobre famílias, vem sobre casamentos, vem sobre corpos doentes, vem sobre filhos desviados, vem sobre pessoas presas nos grilhões do pecado.

Vem, Senhor, sobre os abatidos, os desencorajados, aqueles que perderam a fé, que perderam a esperança.

Oh, Deus, vem sobre esses! Oh, aqueles que perderam o primeiro amor. Restaura o seu chamado! Restaura seus ministérios! Aquece essa chama que tem se apagado! Deus, por favor, responde o clamor do Teu povo! Por favor, Senhor!

Deus se importa comigo? | Mensagem ministrada pelo pastor Paulo Junior.

Deus se importa comigo, Deus se importa com você!

Deus se importa comigo? | Deixe o seu comentário – Compartilhe com todos os seus contatos!

 

Confira também

Compartilhe isso com seus amigos
Conselheiro Cristao

Conselheiro Cristao

Paulo Cícero é casado e tem dois filhos.
Professor de escola dominical a 17 anos até o momento.
Profissão: Vendedor, segurança, freelancer em divulgação e geração de conteúdo para sites e blogs.

Contato: (21) 998200616 (Vivo e WhatsApp)

Um comentário em “Deus se importa comigo?

  • 10 de dezembro de 2017 em 15:02
    Permalink

    Diante deste texto tão completo, ñ existe nenhuma necessidade de comentar. Só agradecer a Deus.
    Glória Deus!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ou comente com o facebook!